Aguarde...

cotidiano

Feriado em Campinas: ação vistoria 780 estabelecimentos e fecha 37

As barreiras do Toque de Recolher abordaram, no mesmo período, 1.906 veículos e 2.610 pessoas foram orientadas

| ACidadeON Campinas

Também foram realizadas Barreiras Sanitárias em Campinas (Foto: Divulgação) 

As equipes de fiscalização da Prefeitura de Campinas vistoriaram 780 estabelecimentos comerciais durante o feriado de Corpus Christi, entre a noite de quarta-feira, (2), até a manhã desta segunda-feira. Destes, 37 foram fechados. As barreiras do Toque de Recolher abordaram, no mesmo período, 1.906 veículos e 2.610 pessoas foram orientadas sobre as medidas sanitárias.

As fiscalizações têm sido intensificadas pela Prefeitura para garantir o cumprimento das medidas sanitárias previstas no decreto de calamidade pública. São verificados se os estabelecimentos que estão autorizados a funcionar estão cumprindo os protocolos e se os que não podem abrir estão obedecendo às regras do decreto.

As ações ocorrem diariamente e são realizadas em conjunto por vários setores da Administração. Caso sejam evidenciadas situações contrárias às determinadas nos decretos municipais, os responsáveis são autuados, estando sujeitos à multa e à interdição do estabelecimento.

Na noite de quarta-feira, uma operação especial da Guarda Municipal dispersou 1,2 mil pessoas em vários bairros da cidade.

BARREIRAS SANITÁRIAS

Durante o feriado, foram implantadas barreiras sanitárias nos principais pontos de acesso a Campinas pelas rodovias. A Guarda Municipal abordou 1.253 veículos entre quarta e sexta-feira.

As barreiras sanitárias tiveram como objetivo restringir a circulação de pessoas de outros municípios para conter a disseminação do coronavírus.

As pessoas foram orientadas sobre as medidas de prevenção contra o coronavírus e a voltar para seus municípios de origem, caso o deslocamento não seja por um motivo essencial. Não há multa ou punição.

Os bloqueios foram adotados nas 20 cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas).


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON