Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Caism também suspende internações por falta de leitos

Hospital da Unicamp especializado no atendimento a gestantes está com 146% dos leitos ocupados na UTI Neonatal

| ACidadeON/Campinas

 

Caism, da Unicamp (Foto: Denny Cesare/Código 19)

O Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher), da Unicamp, anunciou no fim da tarde desta segunda-feira (23) que suspenderá as internações de pacientes neonatais pelo prazo de 24 horas.

"Tal medida se deve à superlotação da UTI Neonatal e da Unidade de Terapia Semi-Intensiva Neonatal, que, na data de hoje, apresentam com 146% e 106% de ocupação, respectivamente", diz o Caism, em nota.

De acordo com o hospital, diante deste quadro, a suspensão das internações tem o objetivo de preservar a segurança da assistência ofertada aos recém-nascidos que já se encontram em atendimento.

O Caism informou ainda que esta medida poderá se estender por mais 48 horas se necessário, e que as autoridades da área de saúde já foram comunicadas.

Na terça-feira da semana passada (17), o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp também suspendeu as internações na ala pediátrica. A suspensão também seria válida por 24 horas, mas sofreu consecutivas prorrogações e continua até hoje.

O atendimento pediátrico está restrito na enfermaria, no Pronto-Socorro e também na UTI, devido à superlotação causada pelo aumento de casos de problemas respiratórios.

Na sexta-feira (20), a UTI pediátrica do HC, com capacidade pra atender 10 pacientes, tinha 14 crianças internadas.

As demandas espontâneas estão sendo atendidas e avaliadas pela classificação de risco ou redirecionadas à rede.

Mais do ACidade ON