Aguarde...

Política

Câmara suspende sessões e fecha Casa até 15 de abril

Além disso, os 31 carros usados por gabinetes são oferecidos à Secretaria Municipal de Saúde

| ACidadeON Campinas

Sessões foram suspensas até o dia 15 de abril (Foto: Divulgação) 

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (23), com a maioria dos vereadores (na sacada da Câmara, em espaço aberto e mais distância entre os presentes), foram chanceladas novas medidas sugeridas pela Comissão de Planejamento Estratégico de Emergência para desenvolver estratégias e ações de prevenção ao Coronavírus no âmbito do Poder Legislativo de Campinas.

Entre as medidas principais estão a suspensão de todas as reuniões presenciais ordinárias e de comissões (que já estavam sendo realizadas sem público) até 15 de abril, bem como a cessão dos 31 veículos dos gabinetes dos parlamentares à Secretaria de Saúde.

O vereador Marcos Bernardelli (PSDB), presidente da Câmara, ressaltou que reuniões extraordinárias serão convocadas com a maior transparência e antecedência de 24 horas.

"Haverá publicação no Diário Oficial e os vereadores serão chamados por meio de e-mail e Whatsapp. Lembrando que o objetivo destas extraordinárias remotas será analisar e votar projetos que têm data limite por questões legais ou que são essenciais para o momento e o confrontamento ao coronavírus", enfatiza.

A Câmara também definiu hoje que irá ceder os 31 carros utilizados pelos gabinetes dos parlamentares para uso da Secretaria de Saúde.

O trabalho nos gabinetes também foi suspenso a partir de amanhã (24) - os parlamentares até então estavam mantendo um único assessor por gabinete, para atendimento a telefone e serviços na Casa.

Contudo, agora os gabinetes permanecerão fechados e nem mesmo este assessor será permitido. Também a partir de agora, os projetos de lei, indicações e outras proposições que os vereadores quiserem protocolar deverão ser efetivados por computador remoto, por meio do sistema Sigadoc. Casos urgentes serão apreciados pela Mesa.

Mais do ACidade ON