Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Especial Névio Archibald

Vereador se diz perseguido e ameaça assessores na Câmara

Tenente Santini disse que pessoas a mando do governo estão o "perseguindo" em sua empresa: "eles é que têm que ficar com medo"

| Especial para ACidade ON

O vereador Tenente Santini (Foto: Divulgação/Câmara de Campinas) 

O vereador Tenente Santini (PSD) ameaçou o que ele classificou como "assessores e bate-paus" do governo Jonas Donizette (PSB) que o têm perseguido em sua empresa. Santini é dono de uma empresa de segurança no Cambuí, e afirmou na tribuna da Câmara, na sessão desta segunda-feira (1º), que pessoas supostamente a mando do governo estão "indo atrás" dele na companhia.

"Quero avisar a essas pessoas que eu tenho dois amigos: um aqui e outro aqui (apontando para os dois lados da cintura, em referência a armas). Essas pessoas pensam que estão me acuando, mas quem corre risco são elas. Quem tem mais a perder são elas, e não eu", afirmou. O parlamentar também afirmou que registrou um boletim de ocorrência sobre o assunto.

Santini justifica a perseguição diante de sua atuação, contrária ao governo, no Legislativo. Nesta segunda, ele encaminhou pela segunda vez um requerimento que pede a convocação do presidente da Sanasa, Arly de Lara Romêo, para que preste esclarecimentos na Câmara sobre o Cejam, organização social presidida por Arly até setembro do ano passado e que foi contratada de forma emergencial (sem licitação) pela Prefeitura em dezembro - novamente, o pedido foi rejeitado. 

Santini afirma que as explicações dadas até agora não são suficientes. A explicação oficial é que Arly se descompatibilizou do Cejam em setembro, mas o vereador afirma que ele continuou assinando documentos da OS como presidente depois dessa data. "Por isso é importante que ele venha", afirmou o parlamentar.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON