Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Especial Névio Archibald

Deputada de Campinas faz nepotismo cruzado na Alesp

Adriana Borgo (Pros) contratou namorada de colega parlamentar e, em troca, teve irmão nomeado por ele

| Especial para ACidade ON

Adriana e Coronel Tadeu: nepotismo cruzado é vetado por súmula do STF (Foto: Reprodução/Facebook) 

A deputada estadual de Campinas Adriana Borgo (Pros), eleita este ano para seu primeiro mandato, protagonizou um caso de "nepotismo trocado" na Assembleia Legislativa de São Paulo. Ela contratou a companheira do também deputado Coronel Tadeu (PSL) e, em troca, teve seu irmão nomeado por ele.

O caso foi revelado nesta quinta-feira (4) pelo jornal Folha de S.Paulo. Roberta D'Alessandro Baroni, companheira de Coronel Tadeu, passou a integrar a equipe de Adriana Borgo no último dia 18 de março. Doze dias antes, Eduardo Sanches Galdeano, irmão da deputada, foi nomeado secretário parlamentar no gabinete de Tadeu.

Essa troca de favores, em que um agente público nomeia uma pessoa ligada a outro agente público e esse também nomeia uma pessoa ligada ao primeiro agente, é considerada nepotismo cruzado. A prática é proibida por uma súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2008.

À Folha, Coronel Tadeu afirmou que não via irregularidade na nomeação de Eduardo, mas que irá exonerá-lo para não dar margem a dúvidas. Adriana Borgo disse estar consciente da integridade e lisura de suas ações, mas também informou que também irá exonerar Roberta. Tadeu disse ainda que ele e Roberta são apenas namorados e moram em casas separadas.

Segundo a folha de pagamentos de março da Câmara, Eduardo receberia R$ 5.522,32 de salário bruto e mais R$ 714,39 de auxílios como secretário parlamentar, um cargo comissionado, ou seja, de indicação política. O cargo de Roberta na Assembleia de SP também é de comissão e tem salário bruto de R$ 7.756,16 de acordo com a tabela de vencimentos.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON