Aguarde...

ACidadeON

Esportes

Alemã que sofreu grave acidente na F-3 se pronuncia e promete voltar

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A pilota alemã Sophia Floersch, vítima de um gravíssimo acidente no Grande Prêmio de Fórmula 3 do Macau, no último fim de semana, se pronunciou pela primeira vez depois de passar por uma cirurgia delicada com duração de 11h. A atleta de apenas 17 anos, que sofreu uma fratura de coluna, usou o Instagram para se comunicar e agradecer aos fãs e colegas de profissão. "Sobrevivi à operação, que levou 11h. Tomara que de agora em diante as coisas melhorem, mas ainda preciso ficar alguns dias em Macau até estar pronta para ser transportada. Gostaria de agradecer a todos por cada desejo de melhoras que estou lendo agora. Essas mensagens me motivam e me encorajam", escreveu Floersch, que se solidarizou com os outros feridos. "Meus pensamentos agora estão também com todos os envolvidos no acidente. Torço para que todos estejam bem. Eu tive a ajuda de pessoas muito boas, que ainda seguem na minha mente. Quero agradecer estas pessoas pelas palavras tranquilizantes e encorajadoras naqueles minutos tensos dentro do carro", afirmou a piloto, antes de agradecer aos médicos, à equipe e à FIA pela recuperação." Ainda em Macau para os primeiros dias de recuperação, antes de poder retornar à Europa, a alemã, que tinha classificado a pista de rua de Macau como "perigosa", já projeta o retorno às pistas. Os médicos não deram uma data para o retorno ao esporte, mas Floersch já se mostra ansiosa para novamente entrar no cockpit da escuderia Van Amersfoort Racing. "Também quero agradecer ao Dr. Riccardo Ceccarelli e, por último, mas não menos importante, ao meu time Van Amersfoort Racing, Facu Regalia e Ferdinand Habsburg (também pilotos), que sofreram comigo. Vocês são fenomenais. Eu vou voltar, a propósito", completou.

Veja também