13 de junho de 2024
- Publicidade -
Tudo Auto

Qual melhor tag para usar no carro? Veja opções

Tags são serviços de pagamento automático de pedágios, postos de combustíveis e estacionamentos; veja qual é a melhor

Tags são serviços de pagamento automático de pedágios, postos de combustíveis e estacionamentos. (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Em dias em que as pessoas buscam cada vez mais agilidade, as tags facilitam a vida dos motoristas. Afinal, elas consistem em serviços de pagamento automático de pedágios, postos de combustíveis e estacionamentos. Entretanto, atualmente, existem diversas opções deste dispositivo e, por isso, pode acabar batendo a dúvida: qual melhor tag para usar no carro? Veja quatro opções a seguir:

Qual melhor tag para usar no carro?

Sem Parar

Um dos mais antigos no Brasil, o serviço funciona em pedágios, estacionamentos, drive-thru e postos de combustíveis. Ele oferece três opções de plano:

Em Todo Lugar: custa R$ 39,90 no primeiro mês e, depois, o motorista pode usar o serviço sem mensalidade por um ano. É aceito em pedágios, estacionamentos, postos de abastecimento, lava rápido e drive-thru.

Flex Pedágio: custa R$ 25,90 por mês que o motorista usar o serviço e funciona apenas em pedágios e estacionamentos (2 dias por mês).

Você no controle: É pré-pago e pode ser recarregado de acordo com o uso. O plano funciona em pedágios e estacionamentos.

ConectCar

Já o ConectCar pode ser usado nos pedágios das principais rodovias do Brasil, além de estacionamentos, shoppings e aeroportos. Ele também conta com três planos:

- Publicidade -

Completo: custa R$ 9,90 por mês, não tem taxa de adesão e conta com recarga automática no pré-pago (sem taxa). Além disso, é possível fazer a troca de adesivo de forma gratuita todo ano.

Básico: conta apenas com uma taxa de adesão de R$ 20, mas cobra taxas por recargas no cartão de crédito e R$ 2 por mês como taxa de inatividade. A troca de adesivo custa R$ 25.

Flex: tem as mesmas condições do básico, mas sem taxa de adesão. O motorista paga R$ 18 nos meses em que usar o serviço.

- Publicidade -

LEIA TAMBÉM

Quais são as mudanças da renovação da CNH?

Como funciona o novo radar polêmico de São Paulo?

Veloe

Da Alelo, a Veloe tem planos para pessoas físicas e empresas. No primeiro caso, a tag conta com as seguintes opções:

Pedágios e estacionamentos com 12 mensalidades grátis: após um ano, o motorista passa a pagar R$ 9,45 por mês. Não tem adesão, tem recarga automática a partir de R$ 50 e a tag é gratuita.

Pedágios e estacionamentos pré-pagos: conta com recarga manual com valores a partir de R$ 50. A tag é grátis, mas é cobrada uma taxa de R$ 20 para ativá-la.

Free Flow: para o modelo de pedágio sem as cancelas, não é cobrada mensalidade. Porém, caso o motorista use pedágios e estacionamentos comuns, deve pagar R$ 5,90 por mês. Se não usar, paga R$ 9,90 por mês. Tem adesão gratuita.

Pedágios com 12 mensalidades grátis: cobra R$ 7,45 por mês, após um ano. Funciona apenas em pedágios e, caso o motorista precise usar em um estacionamento, será cobrado mais R$ 1,90 por uso. A recarga automática funciona a partir de R$ 50.

Move Mais

A Move Mais disponibiliza dois planos pré-pagos: um automático e outro manual. Assim, o serviço possibilita recargas entre R$ 50 e R$ 500, com taxas de até 10% por recarga. A cobrança por adesão ao serviço é de R$ 39,90.

LEIA MAIS

O que são as pirossomas? Conheça criatura

Compartilhe:
Larissa de Morais
Formada pela Universidade São Francisco, é repórter no Tudo EP | ACidade ON, site de entretenimento da EPTV, onde também foi assistente de mídias digitais e estagiária de jornalismo. Com passagem por sites de entretenimento e jornalismo independente, tem experiência em redação de material jornalístico para editorias de diferentes segmentos de hard e soft news e em produção de conteúdo para a internet.
- Publicidade -
plugins premium WordPress