22 de maio de 2024
- Publicidade -
Tudo Notícias

Gol suspende transporte de animais no porão das aeronaves

Cão da raça Golden Retriever morreu na segunda-feira (22) após falhas da companhia aéra no transporte do animal, que morreu; entenda

avião, gol, pista de pouso, aterrisagem
Determinação não é definitiva (Foto: Wikimedia Commons)

A companhia aérea Gol suspendeu por 30 dias, a contar desta quarta-feira (30), o transporte de cães e gatos no porão das aeronaves durante viagens. Segundo a empresa, o objetivo é concluir o processo de investigação do caso que motivou a medida; confira:

LEIA MAIS

Como levar o cachorro em uma cabine de avião?

Pousada para pets fatura R$ 1,8 milhões em 2023

Caso

Um cão Golden Retriever de cinco anos morreu, na segunda-feira (22), devido a uma falha operacional durante o embarque do animal de estimação em serviço prestado pela Gollog, empresa da companhia aérea.

Joca deveria ter seguido para Sinop, em Mato Grosso, no voo 1480 de segunda-feira – o mesmo destino do seu tutor -, a partir do Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo. Mas o animal foi embarcado em um voo para Fortaleza, no Ceará.

- Publicidade -

“Assim que o tutor chegou em Sinop, foi notificado sobre o ocorrido e sua escolha foi voltar para Guarulhos para reencontrar o Joca. A Gol lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com a dor do seu tutor”, disse a companhia. (Leia o caso completo aqui)

Posicionamento da Gol

Em nota, a empresa disse:

A Gol se solidariza com o sofrimento do tutor do Joca e de sua família. Entendemos a sua dor e lamentamos profundamente pela perda do seu animal de estimação. O cão deveria ter seguido para Sinop (OPS), no voo G3 1480 do dia 22/04/2024, a partir de Guarulhos (GRU), porém, por uma falha operacional o animal foi embarcado em um voo para Fortaleza (FOR).
Assim que o tutor chegou em Sinop, foi notificado sobre o ocorrido e sua escolha foi voltar para Guarulhos (GRU) para reencontrar o seu animal de estimação.
A equipe da Gollog na capital cearense desembarcou o cão e se encarregou de cuidar dele até o embarque no voo G3 1527 de volta para Guarulhos (GRU). Neste período, foram enviados para o tutor registros do animal sendo acomodado de volta na aeronave. Infelizmente, logo após o pouso do voo no aeroporto de Guarulhos, vindo de Fortaleza, fomos surpreendidos pelo falecimento do cão.
A companhia está oferecendo desde o primeiro momento todo o suporte necessário ao tutor e sua família. A apuração dos detalhes do ocorrido está sendo conduzida com total prioridade pelo nosso time.

Suspensão e restrição de serviços

Para se dedicar totalmente a concluir o processo de investigação deste evento, a Gol suspendeu por 30 dias (a partir desta quarta-feira, 24/04 até 23/05) a venda do serviço de transporte de cães e gatos pela Gollog Animais e pelo produto Dog&Cat + Espaço, para viagens realizadas no porão da aeronave. O serviço Dog&Cat Cabine, para clientes que levam seus pets na cabine do avião, não sofrerá nenhuma alteração.

Para os clientes que contrataram o transporte do seu pet entre 24/04/24 a 23/05/24 por meio dos serviços que estão com restrição, poderão optar por restituição total do valor, inclusive do valor da sua passagem (no caso de Dog&Cat + Espaço), ou por postergar a viagem, sem custo, para depois de 23/05/24 em voos até 31/12/2024.

- Publicidade -

Aqueles clientes que se encontram no destino de sua viagem e possuem um dos serviços restritos contratados para a volta serão atendidos se assim desejarem.

As equipes de aeroportos da Gol estarão à disposição para dúvidas ou através da central de atendimento pelo 0800 704 0465.

*Com informações de Agência Estado

**Sob supervisão de Marcos Andrade

LEIA TAMBÉM

Quem é o cachorro mais caro do mundo?

Janaína Boaventura, com supervisão da redação
Estagiária no Tudo EP e no ACidade ON, é graduanda em Estudos Literários pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Adentrou no Grupo EP em 2024 e atua nos conteúdos digitais, enfaticamente com a parte textual.
- Publicidade -
plugins premium WordPress