Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Motorista que matou idoso do MST vira réu na Justiça

Defesa disse que apresentará a defesa prévia no prazo determinado pela Justiça e adiantou que pedirá novas perícias sobre o caso

| ACidadeON Campinas

Idoso atropelado em manifestação do MST. Foto: Reprodução EPTV  
A Justiça de Valinhos aceitou nesta sexta-feira a denúncia do MPE (Ministério Público Estadual) contra o réu Leo Luis Ribeiro, que no último dia 18 matou o idoso Luis Ferreira da Costa atropelado durante uma manifestação na ocupação Marielle Vive, do MST, em Valinhos.

A decisão de aceitar o caso foi da juíza da 3ª Vara de Valinhos (SP), Marcia Yoshie Ishikawa. Com isso, o réu foi intimado e tem direito à respeito. Um dos advogados de Ribeiro, Julio Marty Junior, afirmou que apresentará a defesa prévia no prazo determinado pela Justiça e adiantou que pedirá novas perícias sobre o caso.

De acordo com ele, o motorista afirma não ter visto o idoso no momento do atropelamento porque a visão foi impedida por bandeiras usadas por integrantes do protesto. Além disso, o carro teria sido atacado.  
 


A DENÚNCIA

O MP denuncia Ribeiro por homicídio triplamente qualificado contra o idoso e por homicídio tentado triplamente qualificado contra o cinegrafista Carlos Felipe Tavares e contra cerca de 200 pessoas que estavam no local, além de evasão do local de crime.

Mais do ACidade ON