Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Motorista que matou idoso do MST vira réu na Justiça

Defesa disse que apresentará a defesa prévia no prazo determinado pela Justiça e adiantou que pedirá novas perícias sobre o caso

| ACidadeON Campinas

Idoso atropelado em manifestação do MST. Foto: Reprodução EPTV  
A Justiça de Valinhos aceitou nesta sexta-feira a denúncia do MPE (Ministério Público Estadual) contra o réu Leo Luis Ribeiro, que no último dia 18 matou o idoso Luis Ferreira da Costa atropelado durante uma manifestação na ocupação Marielle Vive, do MST, em Valinhos.

A decisão de aceitar o caso foi da juíza da 3ª Vara de Valinhos (SP), Marcia Yoshie Ishikawa. Com isso, o réu foi intimado e tem direito à respeito. Um dos advogados de Ribeiro, Julio Marty Junior, afirmou que apresentará a defesa prévia no prazo determinado pela Justiça e adiantou que pedirá novas perícias sobre o caso.

De acordo com ele, o motorista afirma não ter visto o idoso no momento do atropelamento porque a visão foi impedida por bandeiras usadas por integrantes do protesto. Além disso, o carro teria sido atacado.  
 


A DENÚNCIA

O MP denuncia Ribeiro por homicídio triplamente qualificado contra o idoso e por homicídio tentado triplamente qualificado contra o cinegrafista Carlos Felipe Tavares e contra cerca de 200 pessoas que estavam no local, além de evasão do local de crime.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON