Publicidade

cotidiano

Obras do BRT avançam no Jardim Novo Campos Elíseos

Faixas exclusivas avançam para as ruas Cosmópolis, Piracicaba e Santa Bárbara dOeste

| ACidadeON Campinas -

Nova etapa liga pavimento já construído na Rua Piracicaba ao futuro Terminal BRT Campos Elíseos (Foto: Divulgação Prefeitura)

Será iniciada nesta terça-feira (21) mais uma etapa das obras de implantação do Corredor BRT (Bus Rapid Transit, ou ônibus de transporte rápido, em português) do Ouro Verde, em Campinas. As faixas exclusivas avançam para as vias Cosmópolis, Piracicaba e Santa Bárbara dOeste, no Jardim Novo Campos Elíseos.  

Segundo a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), evolução dos trabalhos na região será gradativa, iniciando pela Rua Cosmópolis, que dá acesso à Avenida das Amoreiras. As obras vão começar no trecho entre as vias Pedreira e Mogi Mirim, que passará a contar com uma faixa para o tráfego de veículos.

Também primeira etapa, a Emdec bloqueia o acesso ao retorno a partir da Rua Piracicaba, e implanta duplo sentido de tráfego na Rua Mogi Mirim, no trecho entre as vias Piracicaba e Cosmópolis. As medidas são temporárias, com duração de aproximadamente 20 dias.

Além da execução do pavimento de concreto, será realizada também a demolição do canteiro na altura do cruzamento das vias Mogi Mirim e Piracicaba. Nas etapas seguintes, os trabalhos avançam gradativamente para os outros trechos da rua.  

Segundo a Prefeitura, em todas as etapas a faixa esquerda das vias será interditada ao tráfego de veículo, e a velocidade máxima permitida nas vias será de 40 km/h.

De acordo com a Emdec, os bloqueios serão gradativos, de acordo com o andamento das obras. A previsão inicial é que cada etapa se estenda por cerca de 20 dias, com finalização total em 80 dias.

IMPACTOS

De acordo com a Prefeitura, gradativamente, os acessos aos comércios e residências da região terão impactos temporários.

Na fase de escavação, as entradas e saídas dos imóveis localizados à esquerda terão interdições momentâneas, com liberação no período noturno. Em nota, a Emdec diz que avaliará os casos individualmente, de modo a minimizar, ao máximo, os impactos a moradores e comerciantes.

Já sobre o transporte público, a Emdec diz que nenhum ponto de ônibus será afetado pelas obras. No entanto, as linhas do sistema de transporte público que circulam na região poderão apresentar lentidões, por conta do afunilamento do trânsito, entre elas as linhas 118, 121, 130, 131, 132, 133, 140, 141 e 161.  

BRT 

A maior obra de Mobilidade Urbana em andamento no país envolve a construção de três corredores BRT Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral. Serão 36,6 quilômetros de corredores, 18 pontes e viadutos, 37 estações e seis terminais. Com custo total de R$ 451,5 milhões, a entrega total da obra está prevista para meados de 2020 e beneficiará, diretamente, 450 mil pessoas.


Mais notícias


Publicidade