Publicidade

cotidiano

Campinas tem 36% de cobertura vacinal contra a gripe na 1ª fase

Primeira fase priorizou puerpéras, crianças, gestastes e trabalhadores de saúde; 2ª fase começa amanhã e imunizantes estarão disponíveis para idosos e trabalhadores da saúde

| ACidadeON Campinas -

Vacinação contra a gripe em Campinas (Foto: Denny Cesare/Código19)
A Prefeitura de Campinas atingiu 36% de cobertura vacinal na primeira fase da vacinação contra a gripe no público alvo da primeira fase - iniciada no dia 12 de abril. Nesta etapa foram priorizadas puerpéras, crianças, gestantes e trabalhadores de saúde. A segunda fase começa amanhã (11), destinada aos idosos (pessoas com 60 anos ou mais) e aos trabalhadores na área da educação das redes pública e privada.

Na primeira fase, foram aplicadas 52.396 mil doses, segundo a Secretaria de Saúde de Campinas. Os dados são até o dia 7 de maio. A Prefeitura contabilizou a imunização de 48,8% de puérperas (877 doses); 39,20% das crianças (31.255 doses); 36,60% das gestantes (4006) e 31,50% dos trabalhadores de saúde (16.501 doses).

A Secretaria de Saúde lembra que as pessoas que tenham sido imunizadas contra a Covid-19 devem fazer um intervalo de, pelo menos, 14 dias entre uma vacina e a outra. 

Índice de cobertura vacinal na 1ª fase de vacinação contra a gripe em Campinas (Foto: Reprodução)
2ª FASE

A partir desta terça-feira (11) até o dia 8 de junho, a Prefeitura de Campinas inicia a segunda etapa da 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. A vacina é em dose única e protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. A vacina está disponível em todos os centros de saúde e não há necessidade de agendamento.

NOVOS GRUPOS


Para receber o imunizante, o trabalhador deve apresentar um documento de identidade com foto e um comprovante da atuação profissional; pessoas com 60 anos ou mais devem apresentar apenas documento de identidade com foto.

A expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar cerca de 138 mil idosos e 6,8 mil trabalhadores da educação (funcionários que atuam em diversas funções, como secretários, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores, vice-diretores, professores de todos os ciclos da educação básica, professores coordenadores pedagógicos, além de professores temporários) nesta etapa.

A campanha de vacinação contra a gripe continua aberta ao público-alvo da primeira etapa que ainda não foi imunizado: trabalhadores da Saúde, indígenas, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças com idade a partir de 6 meses até cinco anos completos.

Mais notícias


Publicidade