Publicidade

cotidiano

Hilux que atingiu motoboy está no nome do filho de foragido

Pai do dono da caminhonete dirigia o Pajero durante confusão e perseguição em Campinas no dia 21

| ACidadeON Campinas -

Momento do atropelamento no Taquaral (Foto: Reprodução)
 

A Hilux que atropelou um motoboy durante uma briga no último domingo (21) em Campinas está registrada no nome do filho do motorista do Pajero que também se envolveu na confusão e é considerado foragido.

A informação é do delegado do 4º DP (Distrito Policial), Antonio Toshio Nishida, responsável pelo caso. Segundo ele, o dono da Hilux é procurado para depor e explicar se estava na condução do veículo durante o atropelamento.

Já o condutor do Pajero teve prisão temporária aceita pela Justiça na segunda (22). Como ainda não foi localizado, é considerado foragido
. À EPTV Campinas, ele deu sua versão sobre o caso e negou ter a intenção de matar os motoboys.

Além de procurar os dois homens apontados como motoristas dos carros, a Polícia Civil ouviu dois motoboys entre domingo e terça (23). Também foram ouvidas nesta quarta as testemunhas que presenciaram a briga de trânsito.

O motoboy Rafael Sampaio Ferraz, de 36 anos, atropelado por engano, segue internado no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, onde deve passar por cirurgias nos braços, na perna e no joelho. Ele deve ser ouvido nesta quinta (25).

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) do estado informou em nota que são apurados os crimes de homicídio doloso tentado, periclitação de vida e danos.

O CASO

O motorista foragido estava em um Pajero branco. Ele aparece nas imagens gravadas por uma testemunha discutindo com um entregador no semáforo do cruzamento da Avenida Almeida Garret com a Rua Fernão Lopes, no Taquaral.

O motoboy agride o homem com o capacete e sai do local, mas é perseguido. O motorista da Pajero segue o entregador e, depois, joga o carro em cima dele. O condutor ainda acelera diversas vezes na tentativa de atingir o motoboy.

Na sequência, desce do carro e os dois entram em luta corporal. Um outro motoboy que passava pelo local seguiu o motorista da Pajero até a casa dele e alega que quase foi atingido pelo condutor pelo menos cincos vezes.

Enquanto a perseguição e as agressões acontecem, uma Hilux aparece nas imagens perseguindo outros motociclistas e atingindo por engano o motociclista Rafael Ferraz. A caminhonete atinge o homem e foge em alta velocidade.

Mais notícias


Publicidade