Publicidade

cotidiano

Tirar um cochilo após o almoço pode fazer bem para a saúde

Cientistas estão estudando os benefícios do cochilo pós-almoço

| Especial para ACidade ON -

Werther Busato. (Foto: Divulgação)

Em muitas culturas, cochilar à tarde não é apenas comum, mas uma parte regular da vida diária das pessoas. Nós conhecemos este hábito de países mediterrâneos e principalmente da cultura hispânica como a famosa "siesta". Tanto é que cientistas estão começando a estudar e referendar os benefícios dos cochilos coisa que na Espanha e no México já é sabido há séculos. Nesses países, a siesta (também conhecida como cochilo pós-almoço) é institucionalizada e, por isso, grande parte dos estabelecimentos comerciais fecham as portas das 13h às 15h.

No Brasil, infelizmente, este não é um hábito culturalmente adotado pela nossa população, embora para as pessoas que podem ter esta possibilidade isto passe a ser uma atitude comum, pois de certa forma é um estado fisiológico, e, é ainda mais importante para as pessoas de meia idade e acima.

Se você estiver com boa saúde, essas curtas horas de sono durante o dia podem trazer benefícios: ajudá-lo a recuperar o déficit de sono que possa ter tido na madrugada, fazendo você se sentir menos irritado ou garantindo que você esteja bem descansado se fizer um trabalho fora do horário diurno tradicional. Isto também pode mantê-lo seguro na estrada, protegendo-o de acidentes devido a sonolência durante o ato de dirigir, caso tenha que fazê-lo após o almoço, ou início da tarde

Melhorando o sono: um guia para uma bom descanso noturno

Quando você acorda de manhã, está revigorado e pronto para agir ou meio sonolento e mal-humorado? Para muitas pessoas, o segundo cenário é muito mais comum do que se pensa.

Segundo a Dra. Suzanne Bertisch, médica associada e diretora clínica de Medicina Comportamental do Sono do Brigham and Womens Hospital, afiliado a Harvard, além de reduzir a sonolência, os cochilos mostraram a melhora na memória num ambiente de laboratório.

Mas quero também destacar que a pesquisa sobre cochilos nem sempre é otimista. A especialista relata benefícios e malefícios do cochilo em nível populacional.

Os prós e contras dos cochilos

Durante alguns estudos foi descoberto que adultos que tiram longos cochilos durante o dia podem ter maior probabilidade de ter problemas como diabetes, doenças cardíacas e depressão. A vontade de dormir durante o dia pode ser um sinal de que eles não estão dormindo o suficiente à noite, o que está associado a um risco maior de desenvolver essas condições crônicas. A sonolência diurna também pode ser um sinal de que você está tendo um sono de baixa qualidade, o que pode indicar um distúrbio do sono.

Em alguns casos, o cochilo cria um ciclo vicioso. Você dorme durante o dia para compensar o sono perdido à noite, mas então você tem mais dificuldade em adormecer à noite porque você dormiu durante o dia.

A estudiosa do sono dá uma dica preciosa para todos: É preciso limitar os cochilos para melhorar o sono noturno em geral.

Mas como tirar uma boa soneca sem comprometer a saúde e a qualidade do sono?


Hora certa: A melhor hora para dormir é no início da tarde, quando seu corpo experimenta um mergulho natural no ciclo circadiano, com a queda de alguns hormônios específicos, diz a Dra. Bertisch. "Se você tirar uma soneca no final da tarde ou à noite, provavelmente será mais difícil adormecer mais a frente", diz ela, e isto poderá prejudicar o início do seu sono inicial à noite em seu horário regular de se deitar. Os benefícios dos cochilos se mostram tanto na área cognitiva quanto na criatividade e até na saúde do seu coração, o resultado é tão real que a Escola de Medicina de Harvard estima que quem dorme no meio da tarde tem uma chance até 30% menor de desenvolver doenças coronárias. 

Mantenha um cochilo breve: Sono abreviado, em torno de 20 minutos, pode ser melhor para evitar o torpor ao acordar. Cochilos mais curtos também podem ajudar a evitar que você tenha problemas para adormecer à noite. Mantenha um tempo certo, definindo um alarme.

Esteja confortável: Para um descanso de alta qualidade, certifique-se de encontrar um local tranquilo e aconchegante onde você não se distraia e possa neste curto período efetivamente descansar e relaxar.

Examine sua motivação: "Se você precisa tirar uma soneca durante o dia, é importante avaliar por que você pode estar com sono suficiente para adormecer durante o dia, especialmente se você dorme bem à noite regularmente", diz o Dr. Bertisch. Acompanhe o quanto você dorme à noite. Se você não está tendo um período de sono suficiente, entre 7 a 9 horas por noite, tente melhorar seus hábitos de sono. "Se você já está dormindo pelo menos sete horas ou mais à noite e ainda está cansado durante o dia, discuta isso com seu médico", diz ela.

Werther Busato - é médico clínico geral com especialização em Medicina Preventiva, Nutrologia e Medicina do Sono e certificação profissional em Programas de Qualidade de Vida. Na carreira corporativa possui vasta experiência na gestão de promoção e prevenção de saúde individual e coletiva em grandes empresas. 



Mais notícias


Publicidade