Aguarde...

cotidiano

Escritórios de advocacia e contabilidade também deverão fechar

Governo do Estado decidiu cancelar medida que autorizava abertura dos estabelecimentos, que agora deverão atender apenas on-line

| ACidadeON Campinas

Quarentena quer combater a proliferação do coronavírus. (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

 
O governo do Estado de São Paulo decidiu cancelar, na tarde deste sábado (4), a permissão para a abertura de escritórios de advocacia e contabilidade durante o período de quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus.

"Os escritórios poderão funcionar virtualmente, mantendo o seu atendimento aos seus clientes", disse o governo, em nota.

O assunto gerou confusão porque o Diário Oficial do Estado trouxe em sua edição deste sábado uma deliberação do Comitê Administrativo Extraordinário COVID-19 que falava sobre o assunto.

A publicação dizia que os escritórios poderiam permanecer abertos, mas sem receber clientes. Segundo o Estado, não houve mudança alguma em relação ao que já estava estabelecido, e a deliberação foi publicada apenas para "tirar dúvidas" quando ao funcionamento destes tipos de estabelecimentos.

Agora, à tarde, essa autorização também foi suspensa.

Mais do ACidade ON