Aguarde...

cotidiano

Jonas chama vereador de "profeta do caos" por críticas a reabertura

Fala foi feita em live nesta quinta-fera (28) e direcionada a Pedro Tourinho (PT); vereador diz que decisão contraria ciência

| ACidadeON Campinas

 

O vereador Pedro Tourinho (PT), à esquerda, e o prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB), à direita (Foto: Reprodução)

O prefeito Jonas Donizette (PSB) chamou o vereador Pedro Tourinho (PT) de "profeta do caos" em live oficial quinta-feira (28) após o parlamentar ter criticado a flexibilização da quarentena no meio da pandemia do coronavírus que já matou 67 pessoas na cidade e infectou 1.353. Hoje, a reabertura foi anunciada pela Prefeitura e começará a partir do dia 1º de junho. Ela prevê a abertura de lojas, shoppings centers, restaurantes e igrejas.

Tourinho foi citado durante uma pergunta da imprensa na live. O vereador - também médico e presidente da Comissão de Saúde da Câmara - teria criticado a flexibilização pelo risco de aumentar o número de casos e mortes de coronavírus, enquanto a capacidade da rede de internação está perto do limite.

Para o petista, há a perspectiva, então, de explosão de casos em duas semanas - uma vez que este é o período de incubação do novo vírus.  

LEIA MAIS 
Isolamento social: megaferiado teve o pior índice
Jonas libera lojas, shoppings, restaurantes e igrejas em Campinas
Covid-19: Campinas tem mais 2 mortes; casos são 1.353

Em resposta, Jonas disse que tem respeito por Tourinho, embora ele seja da oposição. "Ele tem uma linha. Essa doença que estamos enfrentando tem dois extremos. Tem o (presidente) Bolsonaro falando que pode abrir tudo e tem gente que quer que pare tudo. Estou fazendo o que acho que Campinas me elegeu (para isso), tentando o equilíbrio", começou ele.

Depois, Jonas disse que os riscos, de fato, existem, e que os números cresceriam, mas que a situação é "controlável". "E é importante, estamos carregando o sistema de saúde, tanto o municipal quanto o estadual. Mas, profeta do caos não ajuda em nada também neste momento", encerrou.

OUTRO LADO


Procurado, o vereador disse que "nenhum lugar sério do mundo reabriu as atividades, ou iniciou a reabertura desse processo, com a curva de casos ainda ascendente".

"Isso contraria todas as diretrizes mundiais que tratam de reabertura. Não tem respaldo científico e demonstra irresponsabilidade com a vida. Ao tentar desqualificar a ciência e o nosso posicionamento embasado na ciência, o prefeito se aproxima de Bolsonaro e se iguala a ele, tentando se diferenciar no discurso, mas na prática fazendo a mesma coisa", disse Tourinho.

Mais do ACidade ON