Aguarde...

cotidiano

Ação beneficente causa tumulto em frente à Catedral

Distribuição de alimentos, cobertos e itens de higiene gerou fila com cerca de 200 pessoas em frente a Catedral na noite dessa quinta

| ACidadeON Campinas

Distribuição de alimentos e produtos causou aglomeração no Centro

Uma fila com cerca de 200 pessoas se formou em frente à Catedral Metropolitana, no Centro de Campinas, na noite dessa quinta-feira (25). A aglomeração foi causada por uma distribuição de marmitas.

A distribuição é feita duas vezes por semana por voluntários que entregam marmitas e outras produtos para pessoas em situação de rua em frente a Catedral. Na noite de ontem, eles estacionaram carros na praça para distribuir sopas, cobertores, água e álcool em gel para a população de rua.

A ação causou aglomeração, com uma fila de cerca de 200 pessoas, o que é proibido em todo o estado devido a pandemia de novo coronavírus (covid-19). 

Além disso, o local em que os carros foram estacionados configura uma irregularidade de acordo com a lei, e isso gerou um tumulto entre agentes da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) e os voluntários.  



TUMULTO

De acordo com a Emdec, é proibido estacionar na praça. A Empresa se baseia no Código de Trânsito Brasileiro, que avalia como infração grave estacionar carros em praças, gramados e jardins públicos.

O grupo argumentou que se tratava de uma ação beneficente que é realizada semanalmente no mesmo lugar. Os agentes da Emdec orientaram os voluntários e multas não foram aplicadas.

Mais do ACidade ON