cotidiano

Especial coronavirus

UTI-Covid: após chegar a 100%, ocupação pública cai e fica em 91,5%

Durante a madrugada deste sábado, Campinas ficou sem UTI-Covid na rede pública da cidade

| ACidadeON Campinas -

Dário Saadi, durante entrevista no Hospital Ouro Verde (Foto: Divulgação) 

Após atingir 100% de taxa de ocupação nos leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 na rede pública durante a madrugada deste sábado (23), a situação em Campinas melhorou e agora a taxa está em 91,5%. 
 
LEIA MAIS 
Campinas atinge 100% de ocupação de UTIs durante a madrugada
 
GM interrompe festa em frente ao Hospital Estadual de Sumaré 
Confira as regras das fases laranja e vermelha em Campinas

Pela manhã, o prefeito Dário Saadi (Republicanos) convocou uma coletiva, no Hospital Ouro Verde, para falar que entre 22h de ontem e 2h deste sábado todos os leitos de UTI-Covid da rede pública estava ocupados.

Agora, em novo balanço, a Prefeitura informou que, dos 107 leitos, 98 estão ocupados e nove livres. No geral, contando a rede particular, Campinas conta com 239 leitos. Deste total, 196 estão ocupados, o que corresponde a 82%.

"Estamos com um plano de ampliação com mais 15 leitos no Hospital Ouro Verde. Além disso, estamos em contato com o governo do Estado para que os leitos da rede estadual sejam ampliados", disse.

Segundo Dário, durante a pandemia, o HC (Hospital de Clínicas) chegou a ter 93 leitos de UTI para covid-19, mas atualmente tem apenas 17 vagas.

A cidade também está em alerta, porque pela primeira vez desde o início da pandemia, em março do ano passado, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria para tratamento de pacientes com covid-19 chegou a 98,3% nesta sexta-feira (leia mais aqui).

Hoje Campinas tem 57.870 casos confirmados de covid-19. Já o total de óbitos está em 1.595 ocorrências.

Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 90 leitos, dos quais 82 estão ocupados, o que equivale a 91%. Há oito leitos livres.

SUS Estadual: 17 leitos, dos quais 16 estão ocupados, o que corresponde a 94,1%. Há um leito disponível.

Particular: 132 leitos, dos quais 98 estão ocupados, o que equivale a 74%. Há 34 leitos aptos.

Publicidade