cotidiano

Especial coronavirus

Plano SP: comércio e serviço passam a funcionar com 40% da capacidade; reveja as regras

Ampliação de funcionamento de estabelecimentos comerciais começa a valer nesta segunda-feira (24) durante prorrogação de Plano São Paulo

| ACidadeON Campinas -

Fase de transição foi prorrogada na última semana em todo o estado (Foto: Luciano Claudino/Código19)
A região de Campinas - assim como o estado de São Paulo - terá nesta segunda-feira (24) o 1º dia útil da ampliação de funcionamento de serviço após a nova prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo, feita na última semana pela gestão Doria (PSDB) (veja regras abaixo).

A partir de hoje haverá ampliação da capacidade de funcionamento, com autorização para os estabelecimentos receberem até 40% dos clientes. Já no dia 1º junho, nova fase está previsto pelo governo estadual onde será ampliado o horário de funcionamento até 22h e com 60% de ocupação dos estabelecimentos.

Além disso, o governo estadual também pretende aumentar a testagem de covid-19 na população paulista no próximo mês. "Vamos também iniciar no dia 1º de junho um amplo programa de testagem rápida de pessoas sintomáticas nos municípios em todo o Estado de São Paulo", disse o governador João Doria (PSDB).

Em Campinas, está prevista também nesta semana um projeto piloto de testagem com antígeno contra a covid-19 na região Sudoeste, que engloba a região do distrito do Ouro Verde.
Os contactantes dos casos confirmados também serão monitorados.

Segundo o Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas, são considerados contatos próximos aqueles que ficaram a menos de 1,5 metro dos pacientes confirmados com o coronavírus e sem máscara de proteção.

REGRAS DA FASE DE TRANSIÇÃO A PARTIR DE 24 DE MAIO

- Horário de funcionamento das 6h às 21h;

- Comércio e restaurantes com capacidade de até 40%;

- Toque de recolher das 21h às 5h.

A PARTIR DE 1º DE JUNHO

- Horário de funcionamento ampliado das 6h às 22h;

- Comércio e restaurantes com capacidade de até 60% e não mais 40%;

- Toque de recolher das 22h às 5h.

Mais notícias


Publicidade