Aguarde...

cotidiano

Homem é preso suspeito de estrangular a esposa em Paulínia

Ele chegou a levar a vítima, de 41 anos, ao hospital e falou que ela tentou cometer suicídio; o caso foi na segunda-feira e a mulher ficou internada até morrer na quinta

| ACidadeON Campinas

Daniela Coldibeli morreu na quinta-feira, após três dias internada (Foto: Rede Social) 

A Polícia Civil de Paulínia prendeu, no final da noite de sexta-feira (18), um homem de 40 anos suspeito de matar a esposa estrangulada. Daniela de Andrade Coldibeli, de 41 anos, foi enforcada na segunda-feira, mas chegou a ficar internada e morreu na quinta-feira.

De acordo com a polícia, na noite de segunda-feira, a auxiliar de veterinária deu entrada no Hospital Municipal de Paulínia com sinais de enforcamento. O marido afirmou que a vítima tentou cometer suicídio utilizando um cabo de energia.

Antes da suposta tentativa, os dois, que estavam separados há pouco tempo, tiveram uma briga na segunda-feira, segundo contou o marido. Ele, então, saiu para comprar comida, e quando voltou, a encontrou caída no quarto. 

O próprio marido a levou no hospital, mas Daniela não resistiu e morreu na quinta-feira.

A polícia explicou que não havia indícios de enforcamento pelo cabo de energia, e por isso eles acreditam que ele a estrangulou de outra forma. A Justiça decretou prisão temporária por 30 dias.

Mais do ACidade ON