Aguarde...

Especial Névio Archibald

PV de Campinas expulsa vereador por infidelidade partidária

Permínio Monteiro realizou evento no Jardim Nova Europa para apoiar Rafa Zimbaldi, que é do PSB

| Especial para ACidade ON

O vereador Permínio Monteiro (Foto: Divulgação)

O diretório municipal do PV em Campinas aprovou na noite desta terça-feira (28) a expulsão do vereador Permínio Monteiro por infidelidade partidária.

No dia 31 de outubro do ano passado, Permínio reuniu cerca de 100 pessoas em um evento no Jardim Nova Europa junto com o deputado estadual Rafa Zimbaldi, cotado para ser candidato a prefeito pelo PSB. O PV anunciou que o secretário do Verde, Rogério Menezes, vai concorrer ao pleito.

"Instituições políticas melhores requerem mudanças de postura, de comportamentos que a sociedade não mais aceita", disse Menezes em nota.

A sessão que decidiu pela expulsão teve muita confusão. Antes do início do julgamento, o relator Marcos Boni rasgou o relatório e deixou a sede do partido, alegando que não havia condições de segurança para ler o documento.

Três integrantes da Comissão de Ética do partido aprovaram a expulsão.

"A mudança que precisamos em costumes políticos arraigados, exige ética. Tentativas de coação como as ocorridas hoje não podem ser vistas como normais, por isso foram consignadas em ata", disse Menezes.

Ele também afirmou que o PV Campinas foi democrático e conduziu um processo que garantiu ampla defesa e direito ao contraditório.

Permínio Monteiro disse que a decisão não foi democrática e classificou Menezes como um "ditador". Ele também afirmou que vai recorrer da decisão à executiva estadual do PV.

Mais do ACidade ON