Aguarde...

Especial Névio Archibald

Dez vereadores não assinam carta aberta pela democracia

Iniciativa foi da própria Câmara de Campinas; entidades e partidos apoiam posicionamento

| Especial para ACidade ON

Sessão na Câmara de Campinas (Foto: Divulgação/Câmara de Campinas)

Dez vereadores de Campinas não assinaram a Carta Aberta em Prol da Democracia, divulgada nesta segunda-feira (1º) pela Câmara. Além de parlamentares, também apoiam a iniciativa diretórios municipais de partidos, entidades e órgãos de classe.

Os vereadores que não assinaram foram: Fernando Mendes (Republicanos), Filipe Marchesi (PSB), Jorge Schneider (PL), Luiz Cirilo (PSDB), Mariana Conti (PSOL), Nelson Hossri (PSD), Paulo Galtério (PSB), Tenente Santini (PP), Vinicius Gratti e Zé Carlos (PSB).

O ACidade ON apurou que, desses, apenas Santini e Zé Carlos manifestaram o desejo de não assinar a carta. Fernando Mendes, Cirilo e Schneider disseram que não tinham interesse em assinar - ficaram "em cima do muro" - e os outros cinco (Marchesi, Mariana Conti, Hossri, Galtério e Gratti) não responderam ao contato da Câmara - podem nem ter visto o pedido.

Segundo o Legislativo, o documento segue aberto para quem quiser assiná-lo, bastando para isso bastando para isso que a pessoa/instituição/entidade entre em contato pelo email imprensa@campinas.sp.leg.br.

CRISE INSTITUCIONAL

Presidentes de diretórios municipais de 13 partidos, 22 vereadores de 16 diferentes siglas e outras entidades e associações assinaram a carta.

O objetivo é se posicionar contra as ameaças de ruptura da estrutura democrática diante de manifestações de grupos ligados ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), principalmente contra o STF (Supremo Tribunal Federal).

Os ataques se intensificaram após a operação deflagrada pelo ministro Alexandre de Moraes contra a rede bolsonarista de fake news. No último domingo (31), grupos contrários ao governo Bolsonaro foram às ruas em grandes cidades do país dentro do movimento #Somos70%, em referência à reprovação do governo Bolsonaro.

LEIA A CARTA NA ÍNTEGRA:

Nós, cidadãos e representantes de instituições/entidades de Campinas, sem distinção de qualquer espécie ou natureza, ligados aqui pelo indissolúvel elo de cidadania em comum;

Preocupados com a grave crise institucional instalada no Brasil;

Cientes do atual e delicado cenário mundial de pandemia, agravado por odiosos atos e manifestações xenofóbicas e racistas;

Sentindo os efeitos das crises nas áreas de saúde, de saneamento e econômica, que atentam contra a vida e a qualidade de vida de todos;

E sabedores que a união da população, das instituições/entidades e a plena manutenção do Estado Democrático de Direito, com seus princípios e pilares, são fatores imprescindíveis para o exitoso enfrentamento dos desafios que se apresentam,

Vimos tornar público que, independentemente e com irrestrito respeito às nossas respectivas individualidades, de que espécie ou natureza seja, permaneceremos unidos e irmanados na defesa de nosso Estado Democrático de Direito, forjado na liberdade, na diversidade de opiniões e na Constituição, externando neste ato nosso total e irrestrito apoio a todas as Instituições de nossa República, em todos os graus da Federação.

Serenamente, permaneceremos atentos e vigilantes e não admitiremos a ruptura da ordem constitucional vigente fora do ambiente e da liturgia democrática.

"O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado",
Albert Einstein

Assinam esta carta:

Marcos Bernardelli (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Campinas
Marcelo do Canto, presidente da Associação Campineira de Imprensa
Ahmed Tarique, presidente do Diretório Municipal do PMN
André Ribeiro, presidente do Diretório Municipal do PSL
André Von Zuben, presidente do Diretório Municipal do Cidadania
Arnaldo Salvetti, presidente do Diretório Municipal do MDB
Carlos Orfei, presidente do Diretório Municipal do PT
Delegada Teresinha, presidente do Diretório Municipal do PTB
Francisco Soares de Souza, presidente do Diretório Municipal do PDT
Juan Quirós, presidente do Diretório Municipal do Podemos
Márcia Quintanilha, presidente do Diretório Municipal do PC do B
Rogério Menezes , presidente do Diretório Municipal do Partido Verde
Samuel Rossilho, presidente do Diretório Municipal do Democratas
Valéria Monteiro, presidente do Diretório Municipal da Rede Sustentabilidade
Wanderley Almeida, presidente do Diretório Municipal do PSB
Nattan Rocha, presidente da União Campineira dos Estudantes Secundaristas (Uces)
Fábio de Mello Junior, Coletivo Para Todos
Paolla Miguel, Juventude Petista
Nattan Rocha, presidente da União Campineira dos Estudantes Secundaristas (Uces)
Fábio de Mello Junior, Coletivo Para Todos
Paolla Miguel, Juventude Petista
Diretório Municipal do PTB
União Campineira dos Estudantes Secundaristas
Vereador Ailton da Farmácia (PSB)
Vereador Antonio Flôres (sem Partido)
Vereador Aurélio Cláudio (PDT)
Vereador Campos Filho (Podemos)
Vereador Carlão do PT
Vereador Carmo Luiz (PSC)
Vereador Cidão Santos (PSL)
Vereador Edison Ribeiro (PSL)
Vereador Gilberto Vermelho (PSB)
Vereador Gustavo Petta (PC do B)
Vereador Jorge da Farmácia (PSDB)
Vereador Juscelino da Barbarense (PL)
Vereador Luis Yabiku (PSB)
Vereador Luiz Rossini (PV)
Vereador Marcelo Silva (PSD)
Vereador Paulo Haddad (Cidadania)
Vereador Pastor Elias (PSB)
Vereador Pedro Tourinho (PT)
Vereador Permínio Monteiro (PSB)
Vereador Professor Alberto (PL)
Vereador Rodrigo da Farmadic (DEM)
Vereador Rubens Gas (DEM)


Mais do ACidade ON