Aguarde...

cotidiano

Homem que fugiu do cerco em Serra Negra é morto em Mogi

Rapaz, de 26 anos, estava em um táxi na SP-147 e ao sacar a arma foi baleado na noite de sexta-feira; ele é suspeito de envolvimento em latrocínio

| ACidade ON - Circuito das Águas

Cerco policial que acabou em morte de suspeito em Mogi (Foto: Divulgação)
Um homem, de 26 anos, suspeito de participar do latrocínio, roubo seguido de morte, de um comerciante em Mogi Mirim, na quinta-feira (29), foi morto durante abordagem da polícia na Rodovia SP-147, próximo a um motel, em Mogi Mirim, na noite de sexta-feira (30). Segundo a polícia, ele é o mesmo que horas antes, na manhã de sexta-feira, se envolveu em uma troca de tiros com guardas municipais de Lindoia.  

A perseguição terminou com uma criança, de 8 anos, baleada na cabeça no Bairro Ramalhada, zona rural de Serra Negra. De acordo com parentes, a vítima passou por cirurgia e segue internada no Hospital de Clínicas (HC), da Unicamp, em Campinas. O estado de saúde não foi informado.  

Cerco na rodovia

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), policiais militares informaram que durante patrulhamento pela SP-127 avistaram um táxi em alta velocidade e depois de acompanha-lo fizeram a abordagem. Ao contrário do taxista e os demais ocupantes do veículo, o suspeito tentou se esconder.  

Ainda segundo a SSP, ao perceber a aproximação da PM o homem sacou a arma e um dos policiais atirou. O suspeito morreu no local. O caso foi registrado na Delegacia de Mogi Mirim como morte decorrente de intervenção policial e resistência. Segundo a polícia, o rapaz foi identificado como Lucivaldo Leonardo Silva Filho.  

Perseguição Lindoia a Serra Negra

Na manhã de sexta-feira (30), guardas municipais de Lindoia receberam a informação de que um veículo suspeito de ter sido usado no latrocínio do comerciante, em Mogi Mirim, circulava pela região do Circuito das Águas Paulista.  

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os agentes notaram um carro, modelo Celta, com as mesmas características, no momento em que deixava um supermercado de Lindoia e após a ordem de parada não ser obedecida passaram a persegui-lo.  

Já no Bairro Ramalhada, em Serra Negra, o condutor do Celta perdeu o controle da direção e chocou-se contra um obstáculo. De acordo com a SSP, um homem desceu do veículo e atirou contra os guardas que revidaram. O suspeito entrou em um matagal e desapareceu.  

No carro, os guardas detiveram uma mulher, de 21 anos, que segundo a polícia, seria a namorada de um dos envolvidos no latrocínio em Mogi Mirim. Em sua casa foram encontrados vários objetos pertencentes ao comerciante. Até a manhã deste sábado (31), ela seguia detida na Delegacia de Serra Negra.  

Criança é ferida com tiro na cabeça

A Secretaria de Segurança Pública informou que guardas municipais foram alertados por pedidos de socorro e que uma criança, de 7 anos, havia sido ferida na cabeça por uma bala perdida. Ela foi socorrida eleva para o Hospital São Camilo, em Águas de Lindoia. Logo depois foi transferida para o HC da Unicamp, em Campinas.  

Testemunhas relataram que o menino acompanhava o pai que trabalha em uma fazenda nas proximidades de onde aconteceu o desfecho do caso. Ainda de acordo com vizinhos, um casal alugou uma chácara no bairro na manhã de sexta-feira (30) e depois seguiram para Lindoia. As investigações para saber de que arma partiu o disparo que atingiu a criança prosseguem.





Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON