Aguarde...

ACidadeON

Cotidiano

Queda de muro de cemitério destrói gavetas e expõe caixões e ossos em Santos

| FOLHAPRESS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A queda de parte do muro do Cemitério Municipal Areia Branca, em Santos (SP), destruiu 36 gavetas e deixou caixões e ossos expostos. O incidente ocorreu na terça (20) por volta de 7h30. O concreto atingiu um táxi estacionado na rua. Das 36 gavetas, nove estavam vazias, segundo Bento da Silva Filho, coordenador dos três cemitérios públicos municipais da cidade. Das ocupadas, duas tinham corpos recentemente sepultados, e foi preciso enterrá-los em outros jazigos. "Colocamos os restos mortais em sacos e, a partir de amanhã (hoje), comunicaremos os familiares", disse Filho. Também será feito um aviso público por edital. A Prefeitura de Santos, sob gestão de Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), afirmou, em nota, que a queda do muro ocorreu pela "grande movimentação de veículos pesados na ruas, além da idade do muro" -o cemitério tem 65 anos. A reconstrução da área ocorrerá em até 30 dias. Após a limpeza, foram instalados tapumes no local.

Veja também