ACidadeON

cotidiano

Merkel e aliado da CSU tentam superar hoje impasse sobre imigração

Alemanha imigração impasse

| Estadao Conteudo

O impasse sobre a questão da imigração na Alemanha ganhou mais um capítulo depois que o ministro do Interior do país, Horst Seehofer, ameaçou renunciar no fim de semana por considerar insuficiente o acordo que a União Europeia anunciou na última sexta-feira para limitar os fluxos migratórios.

Após mais de dez horas de diálogo com líderes de seu partido, a União Social-Cristã (CSU, pela sigla em alemão), Seehofer afirmou que terá uma rodada final de conversas nesta segunda-feira com a chanceler alemã, Angela Merkel, para tentar superar suas diferenças em relação ao assunto. Ele deixou claro, porém, que irá renunciar se as discussões fracassarem.

"Teremos conversas em Berlim com a esperança de que fechemos um acordo...que seja do interesse deste país e pela estabilidade da coalizão e do governo", disse Seehofer, ao sair da sede da CSU, em Munique.

A CSU, da qual Seehofer é o principal dirigente, faz parte da coalizão governista alemã que inclui a União Democrata-

Cristã (CDU), de Merkel, e o Partido Social-Democrata (SPD).

A eventual renúncia de Seehofer seria uma ameaça para o futuro do governo encabeçado por Merkel. Se a CSU abandonar a coalizão, a aliança de Merkel perderá a maioria no Parlamento, o que provavelmente levará à convocação de novas eleições na Alemanha. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários