JÁ É CADASTRADO?

Informe seu e-mail e senha para ter acesso a todo conteúdo do site:

ou
ainda não tem cadastro?

ACidadeON

Esportes

LeBron James diz que não optará pela renovação automática e pode deixar Cavaliers

basquete LeBron James Cleveland Cavaliers

| Estadao Conteudo

LeBron James informou o Cleveland Cavaliers nesta sexta-feira que vai se tornar agente livre, portanto não exercerá a opção prevista em contrato de renovar por mais uma temporada com o time, de acordo com dois familiares do atleta. O vínculo atual vence ao fim deste sábado e previa que o jogador poderia prorrogá-lo até junho de 2019 por US$ 35,6 milhões (cerca de R$ 137 milhões).

A decisão de LeBron já era esperada porque dá a ele mais possibilidades. Uma delas é assinar um novo contrato com o Cavaliers, que pode oferecer um vínculo válido por cinco temporadas, no valor total de US$ 209 milhões (aproximadamente R$ 805 milhões). A equipe de Cleveland, porém, terá concorrentes.

Entre as franquias com mais chance de contratar o astro está o Los Angeles Lakers, que tem espaço em seu orçamento para oferecer contratos máximos a dois jogadores. Neste caso, LeBron poderia ter a companhia de outra estrela da NBA para disputar a próxima temporada, como Paul George e Chris Paul, que também podem se tornar agentes livres a partir de domingo.

Outra manobra esperada pelo Lakers para recrutar o ala é tentar fechar uma troca com o San Antonio Spurs para trazer Kawhi Leonard, que está insatisfeito na atual franquia dele e indicou que quer voltar a morar em Los Angeles, onde nasceu. Na cidade californiana, LeBron é proprietário de duas casas e uma produtora de filmes.

Além do Lakers, o Philadelphia 76ers e o Houston Rockets são especulados como possíveis destinos do astro. Casado e pai de três filhos adolescentes, o jogador pretende ouvir os familiares mais próximos e priorizar o desejo deles antes de tomar uma decisão.

Ao todo, LeBron disputou 104 partidas na última temporada e alcançou a final da NBA pelo oitavo ano consecutivo, o nono no total. O jogador e o Cavaliers foram derrotados pelo Golden State Warriors na decisão, pela terceira vez em quatro encontros seguidos - contra a equipe rival, o atleta conquistou o terceiro título dele na liga, em 2016, após já ter sido campeão duas vezes com o Miami Heat.

Veja também