Publicidade

brasilemundo

Ex-presidente americano Bill Clinton recebe alta após tratar infecção

Ele vai retornar para sua casa, em Nova York, para terminar o tratamento

| Estadao Conteudo -

George W. Bush, Barack Obama e Bill Clinton (Foto: Pete Souza/Official White House)
Internado desde terça-feira, o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton recebeu alta neste domingo, 17, segundo Angel Ureña, seu porta-voz. Clinton tratava uma infecção sanguínea no Irvine Medical Center da Universidade da Califórnia. De acordo com o comunicado, o americano vai retornar para sua casa, em Nova York, para terminar o tratamento com antibióticos

O departamento médico do hospital universitário informou que a febre que acometia o ex-presidente baixou e a contagem de leucócitos foi normalizada. "Foi uma honra tratá-lo e continuaremos a acompanhar seu progresso", escreveu o médico Alpesh N. Amin, diretor-executivo do hospital.

Na noite de sábado, 16, Ureña tinha avisado que Clinton havia feito bom progresso, mas deveria passar a noite no hospital recebendo antibióticos. "Ele está de ótimo humor e tem passado tempo com a família, conversando com amigos e assistindo futebol", escreveu Ureña. "Ele é profundamente grato pelo excelente cuidado que continua a receber e aos que enviaram palavras gentis a ele e sua família. Ele está ansioso para voltar para casa."

Clinton trata uma infecção no sangue, ou sepse. Os médicos envolvidos no tratamento afirmaram que o ex-presidente foi internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para ter privacidade, porém, não utilizou nenhum aparelho de respiração artificial. Ao The Washington Post, um auxiliar do ex-presidente contou que Clinton teve infecção urinária, e a condição evoluiu para a sepse. O ex-presidente não chegou a ter um choque séptico, um quadro médico mais grave. Seu estado de saúde não tem relação com o novo coronavírus.

Bill Clinton é natural do Arkansas e foi o 42º presidente dos Estados Unidos, entre 1993 e 2001. Depois de deixar a Casa Branca, enfrentou uma série de problemas de saúde. Em 2004, foi submetido a uma cirurgia quádrupla de ponte de safena. Um ano depois, voltou ao hospital para uma cirurgia de um pulmão parcialmente colapsado. Já em 2010, teve um par de stents implantados em uma artéria coronária.

Publicidade

Últimas Notícias

Governo anuncia quarentena de cinco dias para viajantes não vacinados
Caso Kiss: depoimentos prosseguem no sétimo dia de júri
Prouni passa a aceitar estudantes de escola privada sem bolsa integral
Alexandre anula decisão que obriga polícia a filmar entrada na casa de suspeitos
Países pobres precisam de mais apoio fiscal, diz diretora-gerente do FMI
Pandemias futuras podem ser mais mortais e contagiosas, diz cientista
Estudo do IBGE situa 1 de cada 4 brasileiros sob a linha da pobreza
Ministério oferece mais de 21,5 mil vagas em programa Médicos pelo Brasil
Ômicron se dissemina fora da África
Eduardo Paes, prefeito do Rio, cancela festa oficial de réveillon da cidade
Balneário Camboriú reabre praia após alargar faixa de areia
Brasil tem 136,2 milhões de pessoas totalmente imunizadas contra a covid-19
Com covid, número de óbitos saltou 15% em 2020 ante alta média de 1,9% desde 2010
Pesquisa aponta crescimento de aplicativos no Brasil
PF indicia empresa grega, dona de navio, por espalhar óleo pelo litoral
Capital paulista cancela a festa de Réveillon
MJ estabelece normas para visitas íntimas nas penitenciárias do país
Ibama abre inscrição para concurso público com 568 vagas
Lei confere a Lagoa Vermelha o título de Capital Nacional do Churrasco

Publicidade

Viu Essa?

Steven Spielberg estreia no cinema musical
Valesca Popozuda e Lucas Selfie se beijam na Farofa da Gkay; veja o vídeo
Marcos Oliveira, o Beiçola de A Grande Família, é internado no Rio

Mais notícias


Publicidade