Defesa Civil libera residência onde aconteceu ataque de abelhas Defesa Civil libera residência onde aconteceu ataque de abelhas

Defesa Civil libera residência onde aconteceu ataque de abelhas

Abelhas estavam em uma caixa de som velha; dois idosos e uma criança sofreram ataques e precisaram ser socorridos

Ataque de abelhas aconteceu em uma casa no bairro Jardim Santa Rosa. (Foto: Reprodução de vídeo/ EPTV)

A Defesa Civil informou na manhã de hoje (14) que liberou a residência onde dois idosos, uma criança e um adolescente foram atacados por abelhas em Nova Odessa. O caso aconteceu na noite de ontem (13), no bairro Jardim Santa Rosa. Pela quantidade dos insetos, a casa precisou ser interditada. A liberação aconteceu no final da noite.

Por causa das picadas, uma das vítimas - uma mulher de 60 anos - foi levada em estado grave pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar, ao HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Segundo o órgão, ela permanece em observação pela equipe médica.

As outras duas vítimas - um homem de 63 anos, que levou mais de 200 picadas, e um menino de 7 anos foram levadas ao Hospital e Maternidade Municipal Dr. Acílio Carreon Garcia, e receberam alta na manhã desta quarta-feira (14). O adolescente de 14 anos sofreu apenas algumas picadas, e não precisou de atendimento.

De acordo com a Defesa Civil, o enxame estava alojado em uma caixa de som velha, localizada em uma área externa, nos fundos da casa.

'Conversando com a família, apuramos que o senhor estava capinando o quintal quando foi atacado. Em período de produção de mel, as abelhas ficam mais agressivas, sensíveis a movimentações e podem atacar quem estiver próximo. Acreditamos que o barulho e o forte calor tenham provocado o ataque', afirmou o coordenador da Defesa Civil, Vanderlei Wilians Vanag.  

As abelhas, da espécie europa africanizada, foram removidas do imóvel pelo órgão municipal e soltas numa área de mata do município distante do perímetro urbano.  

ORIENTAÇÕES  

Caso uma pessoa descubra uma colmeia ou enxame em casa, a recomendação é para que não mexa com as abelhas, não se aproxime, evite fazer barulho no local e acione imediatamente o Setor de Zoonoses (3466-3972) ou a Defesa Civil (19 99822-9230).

Mais Notícias

Mais Notícias