Aguarde...

Cotidiano

Campanha de vacinação começa na próxima segunda

Vacina estará disponível em todos os Centros de Saúde; Campanha será divida em etapas

| ACidadeON Campinas

 

Pessoas com mais de 60 anos e cuidadores de idosos devem se vacinar na primeira fase da campanha (Foto: Divulgação)

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza 2020 terá início nesta segunda-feira (23) e se estenderá até o dia 22 de maio, em Campinas. No município, a estratégia foi antecipada para ajudar a diferenciar os casos de gripe pelo Influenza do novo coronavírus, para o qual ainda não existe vacina.  

A campanha será divida em etapas e atenderá a grupos prioritários. A primeira, entre 23 de março e 15 de abril, abrangerá as pessoas com mais de 60 anos de idade e os profissionais de saúde, incluindo os cuidadores de idosos e funcionários de instituições de longa permanência de idosos. O público-alvo de idosos em Campinas é estimado em 246 mil pessoas.  

Com início em 16 de abril, a segunda etapa atenderá os grupos prioritários de professores, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais e profissionais da força de segurança e salvamento.

A partir do dia 9 de maio serão vacinados todos os grupos prioritários alvo da campanha: crianças de 6 meses a 6 anos de idade, gestantes, puérperas, idosos, professores, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade.

A meta é imunizar pelo menos 90% das pessoas de cada um dos grupos prioritários. Esse escalonamento segue a determinação do Governo do Estado de São Paulo e do Ministério da Saúde.  

A vacina estará disponível em todos os Centros de Saúde de Campinas. A estratégia inclui um Dia D de mobilização nacional, que será em 9 de maio, um sábado.A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Campinas, Andrea Von Zuben destacou que a vacinação será feita em espaços arejados e organizada de modo a evitar filas e aglomerações.  

Vale ressaltar que a vacina contra a gripe não protege contra o novo coronavírus, doença para a qual ainda não há vacina, nem tratamento. Mas que, ao se imunizar contra os vírus Influenza, a quantidade de pessoas gripadas no inverno é reduzida, evitando sobreposição de doenças e ajudando a fazer diagnóstico mais rápido de casos de coronavírus na população vacinada. 

Os endereços e horários das salas de vacina estão disponíveis via internet (clique aqui).