Vereadores de Campinas aprovam alteração da vinculação do FMDU em 1ª votação Vereadores de Campinas aprovam alteração da vinculação do FMDU em 1ª votação

Vereadores de Campinas aprovam alteração da vinculação do FMDU em 1ª votação

Fundo municipal será vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo; demais projetos foram retirados da pauta

Câmara de Vereadores durante sessão ordinária desta segunda-feira (1º) (Foto: Divulgação)
Os vereadores da Câmara Municipal de Campinas aprovaram, em primeira votação, o projeto de lei complementar que altera a vinculação do FMDU (Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano) durante sessão realizada nesta segunda-feira (1º).

Atualmente, o fundo é ligado a Secretaria de Gabinete do prefeito, e passará a ser de responsabilidade da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo. A propositura segue tramitando pelas demais comissões da Casa.

LEIA MAIS

<b>Multinacional de energia oferece 50 vagas de estágio na região de Campinas</b>

<b>Campinas amplia subsídio às empresas de transporte público em R$ 19 milhões</b>

<b>Homem esfaqueia ex-companheira e faz antiga patroa refém em Valinhos</b>

O fundo tem como objetivo realizar investimentos para concretizar ações, obras, planos, programas e projetos urbanísticos que fazem parte ou decorrem do plano diretor, obedecendo as prioridades do plano.

RETIRADO DA PAUTA


A pauta de hoje ainda previa a segunda discussão e votação proposta do vereador Permínio Monteiro (PSB), que institui o Programa de Capacitação Profissional e Empreendedorismo, mas o projeto foi retirado a pedido do autor.

O programa deveria tratar de temas que objetivam capacitar o estudante a identificar as tendências do mercado, com visão empreendedora, por meio da criatividade e visão estratégica.

De acordo com a matéria, o conteúdo e o desenvolvimento da plataforma online serão definidos por uma comissão a ser constituída no âmbito da Secretaria de Educação do município e será transmitido na modalidade de EAD (Educação a Distância), por professores voluntários para atividades extracurriculares.

Além disso, também foi retirada da pauta a proposta que fixava a remuneração do diretor presidente da Rede Municipal Dr. Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar em R$ 27.336,68.

SOFTWARE DE VOTAÇÃO

Nesta segunda-feira (1º), a 15ª reunião ordinária marcou a estreia do Plenário Web, novo software de votação eletrônica desenvolvido pelos servidores da Diretoria de Tecnologia da Informação e Telecomunicação da Câmara.

LEIA TAMBÉM

<b>Apresentação de Pokémon Presents será na quarta-feira</b>

Mais Notícias

Mais Notícias