ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Lançamento de imóveis deve crescer 10% em 2018 na região

A queda dos juros e o aumento do teto de financiamento são alguns dos fatores que estão contribuindo

| ACidadeON/Campinas

A queda dos juros e o aumento do teto de financiamento são alguns dos fatores que estão contribuindo 

A região de Campinas deve fechar 2018 com aumento de 10% no número de lançamentos comparado com o ano passado, de acordo com a previsão do diretor regional do Secovi (Sindicato da Habitação de Campinas e região), Marcelo Coluccini.

A queda dos juros e o aumento do teto de financiamento são alguns dos fatores que estão contribuindo com o reaquecimento do setor imobiliário, depois da longa crise que afetou o Brasil.

Desde outubro de 2016, a taxa básica de juros, a SELIC, despencou de 14,25% para os atuais 6,5%. Essa queda de juros é excelente para o setor imobiliário, porque o crédito fica mais barato tanto para construção e incorporação quanto para a compra do imóvel. Na outra mão, o rendimento de aplicações financeiras de renda fixa fica menos atrativos, fazendo investidores migrarem para outros ativos.

Em meados de abril, a Caixa Econômica Federal aumentou o teto para o financiamento da casa própria, além de reduzir os juros, acompanhando a tendência do mercado nacional, de 10,25% para 9% ao ano as taxas para compra de imóveis pelo SFH (Sistema Financeiro Habitacional).

Veja também