Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Campinas vive manhã de caos com protestos em rodovias

Logo cedo grupo montou uma barricada e ateou fogo bloqueando a Anhanguera próximo ao trevo da Bosch. Também houve bloqueio na Lix da Cunha e no acesso de Barão Geraldo

| ACidadeON Campinas

Manifestantes fechando a Anhanguera. Foto: Foto do Leitor/Leandro Luís Lima

Campinas viveu uma manhã de caos nesta sexta-feira (14) para motoristas que precisaram acessar rodovias que cortam a cidade. Protestos e manifestações contra a Reforma da Previdência bloquearam rodovias e fecharam acesso ao Distrito de Barão Geraldo. Ao todo, foram duas horas de manifestações.

O primeiro ato ocorreu quando um grupo de manifestantes montou uma barricada e ateou fogo bloqueando a Rodovia Anhanguera, próximo ao trevo da Bosch, sentido capital. Segundo a concessionária que administra a via, CCR Autoban, por volta das 6h30, já havia reflexo de trânsito entre os kms 98 ao 102, próxima alça de acesso à D. Pedro.  

Os manifestantes também fecharam a saída da Avenida Lix da Cunha na saída para Monte Mor que acabou ficando parada. Os manifestantes atearam fogo em pneus e pedaços de madeira em três pontos no trevo da Bosch.  

A ação faz parte da greve geral convocada para hoje em todo o país que tem como pauta principal a reforma da Previdência, criticada pelas centrais sindicais que organizam os protestos, mas também se opõe aos cortes na Educação.  

Muita gente que estava em ônibus e trabalham em empresas nas margens da rodovia, resolveram caminhar a pé para chegar aos seus trabalhos. O grupo de manifestantes ainda chegou a ficar atrás da barricada incendiada. Quando os policiais militares rodoviários chegaram ao local os manifestantes correram e conseguiram fugir.  

Por volta das 7h, o Corpo de Bombeiros conseguiu controlar as chamas e os policiais acabaram ajudando na remoção dos entulhos. A pista foi liberada por volta das 7h17. (VEJA MATÉRIA COMPLETA AQUI)  

BARÃO GERALDO

Também pela manhã manifestantes fecharam a entrada do distrito de Barão Geraldo, em Campinas, no acesso para os motoristas que chegam pela Rodovia Zeferino Vaz, mais conhecida como Tapetão, por volta das 7h. Por causa do bloqueio, por volta das 8h a pista, sentido Barão Geraldo/Paulínia, estava praticamente parada.  

A concessionária que administra a via, Rota das Bandeiras, informou que teve que fechar, por volta das 8h, o acesso do Tapetão para Barão e por isso, os motoristas acabaram tendo que entrar no distrito pelo acesso do Real Parque. No local, por volta as 8h30, o congestionamento chegava a cinco quilômetros, entre os kms 111 e 116 (entre a igreja Nossa Senhora Desatadora dos Nós e o acesso ao Real Parque).  

Também foi bloqueado o acesso ao distrito, dos motoristas que saiam da Rodovia D. Pedro e tentavam entrar no local pela alça de acesso. Os veículos foram direcionados também para continuarem na Zeferino(sentido Paulínia). Eles puderam acessar o distrito também pelo Real Parque.  

Também é grande o congestionamento no sentido Campinas. Segundo a Rota das Bandeiras, a lentidão no trânsito chega a sete quilômetros, entre os kms 121 (Trevo do Laranjão) ao 114. Também houve impacto na marginal da D. Pedro I, nos dois sentidos, entre os km 137 e 139 (Parque D. Pedro Shopping e acesso a Barão).

A manifestação terminou por volta das 8h45. LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI   

ACIDENTES 
 
Dois acidentes causaram também congestionamento em outras duas rodovias. Um aconteceu na Rodovia dos Bandeirantes em Jundiaí e acabou gerando reflexo na região de Campinas. LEIA MAIS AQUI 
 
Outro acidente ocorreu na Rodovia Santos Dumont, em Indaiatuba, e acabou com duas pessoas mortas. LEIA MAIS AQUI 
 
TRANSPORTE PÚBLICO
 
Pela manhã os ônibus operados pela empresa VB1 Transportes saíram com atraso de uma hora do terminal da Vila União, em Campinas, na manhã desta sexta-feira. 
  
MAIS MANIFESTAÇÕES 

As organizações sindicais devem promover nesta sexta-feira atos no Largo do Rosário, na região central, nesta sexta-feira. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON