Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Menino desmaia após levar soco em escola de Campinas

Caso ocorreu na manhã desta terça na escola municipal Vicente Rao, no Pq. Industrial; agressor diz que vítima também desferiu socos contra ele

| ACidadeON Campinas

Criança ficou ferida após levar soco de colega em escola (Foto: Arquivo pessoal)  
Um adolescente de 13 anos levou um soco e desmaiou após ser agredido por um colega de 14 anos na EMEF (Escola Municipal de Ensino Infantil) Vicente Rao, no bairro Parque Industrial, em Campinas. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (24), por volta de 11h, e a família do agressor registrou boletim de ocorrência no 5º DP (Distrito Policial), no Jardim Amazonas. Os meninos são de anos diferentes na escola e não estudam na mesma sala.

Após a agressão, a vítima foi levada para o PA (Pronto Atendimento) Anchieta, onde recebeu atendimento médico. Ele ficou com ferimentos em cima da sobrancelha direita, na bochecha e orelha. De acordo com a assessoria da Secretaria de Educação de Campinas, a agressão ocorreu no pátio da unidade, durante o intervalo. Ela foi atendida inicialmente pela diretora e um professor de educação física.

A vítima conta que alguns meninos da escola estavam mexendo com ele durante o intervalo e, ao voltar para a sala, um deles o chamou de "peixonauta". Nisso, a vítima retrucou e chamou o colega de "quatro olhos". Nisso, a vítima conta que o agressor partiu para cima dele e desferiu vários socos na cabeça dele.   

Foi nesse momento que ele desmaiou, segundo a mãe do jovem. Ela conta ainda que o menino sofreria bullying há um ano, desde quando foi matriculado na escola. O Samu e o Resgate do Corpo de Bombeiros foram acionados e o menino levado para a unidade de saúde. À tarde, o jovem foi transferido para o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) para exames complementares.

OUTRA VERSÃO


No boletim de ocorrência, a diretora da escola conta que a chacota gerou um bullying e, depois, a agressão entre os meninos. À Polícia, o agressor conta que a agressão foi entre as duas partes e que a vítima teria entendido que ele e amigos estariam falando mal dele e que começou a dizer: "O que é? Gruda aqui".

Nisso, a vítima teria iniciado uma perseguição contra os meninos. Eles negam que estavam falando sobre o colega e que a vítima começou a ofendê-los e chegou a empurrar um deles. A vítima, de acordo com esta versão, também teria dado socos nos outros meninos. O adolescente mais novo passará ainda por exame no IML (Instituto Médico Legal). 
 
A ocorrência foi registrada como ato infracional na área da Infância e da Juventude, do 5º DP, e de acordo com a delegacia ambos os jovens são considerados autores e vítimas. 

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO 
 

Em nota oficial, a Secretaria de Educação confirmou a história e disse que "imediatamente após o fato, a direção da escola convocou os pais dos dois estudantes para informar o ocorrido e dar orientações".

Além disso, a nota diz que a "escola está dando todo o apoio às famílias. A Emef Vicente Rao desenvolve na sua rotina o Programa de Cultura de Paz, implantado em outras 45 escolas da rede. ntre as atividades estão incluídas ações como Convivência Ética na Escola; Cartão Vermelho para Bullying; Justiça Restaurativa. As atividades são em parceria com a Unicamp e a Puc-Campinas, além do Ministério Público".


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON