Publicidade

cotidiano

Número de suspeitos sobe para 91; Prefeitura lança hotsite

A Prefeitura de Campinas confirmou nesta terça-feira (17) que investiga 91 casos suspeitos do coronavírus na cidade

| ACidadeON Campinas -

Professora da Unicamp que está em isolamento. (Foto: Reprodução EPTV)

A Prefeitura de Campinas confirmou nesta terça-feira (17) que investiga 91 casos suspeitos do coronavírus na cidade. Hoje a Administração lançou um hotsite com informações sobre o impacto do coronavírus com números atualizados por dia. Ontem foi confirmado o segundo caso suspeito da doença. 

Entre os casos suspeitos a reportagem da EPTV Campinas conversou com uma professora da Unicamp que viajou para vários países da Europa como Holanda e França. Ela contou como percebeu os primeiros sintomas parecidos com a doença e como está no isolamento dentro da casa onde vive.   

"Tudo começou porque no Carnaval fiz uma viagem para a Europa, fui visitar meu namorado, voltei logo depois. Uma semana depois comecei a ter muito cansaço e dor de cabeça. Em um primeiro momento não cheguei a atribuir isso ao coronavírus, muito embora na Europa, já estivesse com uma fase adiantada do ciclo da doença. Na terça eu trabalhei, dei aula. Daí sim a noite, me senti na obrigação de procurar um hospital porque poderia ser alguma coisa associada", explicou a professora que continuou: "Foi me dado uma notificação de isolamento por sete dias ou até receber o resultado dos exames. Fui comunicada que o resultado poderia sair hoje mas ainda não saiu. Permaneço neste estado de alerta. O mais complicado de lidar neste momento é com essa incerteza, principalmente a questão do risco e da exposição no relacionamento com as pessoas mais idosas", afirmou a professora Cassiana Montagner.
 
HOTSITE 

Na página lançada pela Prefeitura é possível acompanhar os números de casos confirmados (hoje 2), suspeitos (hoje 91) e descartados (hoje 36) da Covid-19. Além disso perguntas e respostas sobre a doença, além das medidas que serão tomadas pelas autoridades do município.

Para acessar clique aqui  
 
LEIA TAMBÉM 
Brasil registra 1ª morte por coronavírus; paciente é de SP
Covid-19: horários de ônibus em Campinas poderão ser alterados

 


Mais notícias


Publicidade