Aguarde...

cotidiano

Ônibus seguem superlotados mesmo em meio à pandemia

Passageiros foram flagrados sem máscaras e muitos seguiam viagem nos degraus dos ônibus

| ACidadeON Campinas

Usuários reclamam de superlotação em linhas de Campinas (Foto: Reprodução/EPTV)
Mesmo em meio à pandemia, os usuários do transporte público em Campinas enfrentam filas e superlotação em ônibus. O problema já foi pauta de várias reportagens, mas parece não ter tido solução. 

Hoje (2) passageiros da linha 213, do terminal Ouro Verde, enfrentaram muita fila desde as 5h da manhã. Dentro do ônibus, os usuários eram obrigados a se encaixar nos degraus. Além disso, a falta do uso de máscaras também foi notada.  

Outra linha com registro de superlotação é a 116, que transita até o shopping Dom Pedro. "Ônibus estava cheio hoje, mais do que o normal. Em nenhum momento da quarentena eu notei distanciamento entre passageiros", disse uma das usuárias. 

A linha 192, que atende aos moradores do Parque Oziel, passa pela mesma situação e, segundo os passageiros, vive lotada. Muitos deles, inclusive, precisam esperar pelo próximo horário, na esperança de que haja lugar para sentar.   


Desde o início da quarentena, a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) diminuiu a frota do transporte coletivo, devido ao fechamento do comércio. Esta informou que, com a flexibilização do isolamento, aumentaria a quantidade de ônibus circulando. No entanto, com o adiamento da reabertura, a proposta de aumento da frota também precisou ser adiada, alegou a empresa. 

A Emdec disse ainda que a quantidade de passageiros nas linhas sofreu uma redução após o decreto que implantou a quarentena, o que também justifica a diminuição da frota. A empresa ressaltou que realiza fiscalizações e que, quando necessário, reajusta a circulação de ônibus na cidade. 


Mais do ACidade ON