Aguarde...

cotidiano

AME e HC já não têm mais leitos de UTI para covid-19 em Campinas

Nesta segunda-feira (8), Campinas tem apenas 20 leitos disponíveis para contaminados pelo novo coronavírus no SUS

| ACidadeON Campinas

HC, da Unicamp, está com leitos exclusivos de covid-19 lotados, assim como AME (Foto: Divulgação/Unicamp) 

A Prefeitura de Campinas voltou a divulgar nesta segunda-feira (8) os dados de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) na cidade. Desde sexta-feira (5) os números não eram apresentados. Em Campinas, já são 107 mortos pela covid-19 e 2.791 casos confirmados.

Segundo o boletim desta segunda-feira, a cidade tem apenas 20 leitos disponíveis no SUS (Sistema Único de Saúde) municipal. Já na rede estadual - no AME e no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp - não há nenhum leito disponível. Os 41 estão ocupados.

Com isso, a taxa de ocupação da rede pública municipal é de 84% - de 122 leitos, 102 estão ocupados. Na rede particular, de 107 leitos, 74 estão ocupados. Com isso, a taxa de ocupação é mais baixa, de 69%.

De uma forma geral, somando todos os leitos (públicos e privados), a cidade tem 270 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19. Deste total, 217 estão ocupados, o que corresponde a 80,37%. Há 53 leitos livres somando as redes pública e particular.

A ocupação perto do limite coincide com a reabertura do comércio, que lotou as principais ruas do Centro.


Procurada para comentar a falta de divulgação de dados à imprensa, a Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Comunicação, informou que há "muitos leitos sendo contratados e disponibilizados no fim de semana e hoje cedo".  

LEIA TAMBÉM 
Covid-19: Campinas soma mais quatro óbitos e chega a 107 mortes
Parece Natal: Centro de Campinas fica lotado na reabertura
Se dependesse só da Saúde, comércio não reabriria, admite Carmino


MAIS LEITOS

A Prefeitura também disse que o AME Campinas terá mais 15 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 disponibilizados ainda nesta segunda-feira, de acordo com informação dada pelo governador João Doria ao prefeito Jonas Donizette.

O governador ligou para o prefeito pela manhã anunciando que 15 respiradores já estavam sendo enviados para Campinas e confirmou a informação em coletiva, no Palácio dos Bandeirantes, na hora do almoço.

Com isso, o AME na cidade dobra a sua quantidade de UTI covid, passando de 15 para 30, aliviando a taxa de ocupação de leitos do SUS Estadual. Mais cedo, o governo estadual havia anunciado a entrega, mas que poderia ocorrer ao longo da semana.

Mais do ACidade ON