Aguarde...

cotidiano

Fundação abre visitas autoguiadas na Mata Santa Genebra

Serão oferecidas 30 vagas por dia, sendo 15 para o período da manhã e 15 para a tarde; veja como se inscrever

| ACidadeON Campinas

Fundação abre visitas autoguiadas na Mata Santa Genebra (Foto: Divulgação)
A Fundação José Pedro de Oliveira abriu a opção de dois roteiros para o projeto de visitas autoguiadas na Mata Santa Genebra, em Campinas. Os visitantes poderão fazer a Caminhada para o Laguinho da Sanã ou a Trilha do Jatobá (veja o roteiro completo abaixo). 

Serão oferecidas 30 vagas por dia, sendo 15 para o período da manhã e 15 para a tarde. Por isso, será preciso fazer inscrição prévia pelo site da fundação, no menu "Inscrições e Eventos", página "Piloto de visita autoguiada". 

Os visitantes poderão permanecer na área de preservação por duas horas. O roteiro pode ser definido na hora, havendo, inclusive, a possibilidade de fazer os dois roteiros no mesmo dia, desde que seja dentro do período estipulado. 

CAMINHADA PARA O LAGUINHO DA SANà

A extensão completa do roteiro é de 1,6 quilômetros e tem duração aproximada de 1h. Com classificação leve, o roteiro envolve uma caminhada pela estrada que contorna a floresta. 

O Laguinho da Sanã fica a 800 metros da sede e é um local propício para o avistamento de aves e contemplação da natureza. O local conta com uma pequena lagoa artificial e, nas épocas mais secas do ano, é possível ter acesso ao riacho. 

TRILHA DO JATOBÁ 

Já a Trilha do Jatobá tem extensão de 500 metros, e tem duração aproximada de 30 minutos. Também com classificação leve, o roteiro envolve caminhada em trilha e pela estrada que contorna a floresta.  

Durante a caminhada, os visitantes poderão fazer paradas para contemplar o gigante Jatobá com quase 30 metros de altura. 

MEDIDAS COVID 

De acordo com o biólogo Cristiano Krespsky, ao chegar na Fundação, os visitantes terão a temperatura aferida, receberão informações sobre os roteiros e assistirão a um filme com dicas de como proceder. "Nas trilhas autoguiadas, os visitantes caminharão sozinhos ou com seus próprios grupos. Não haverá a presença dos monitores", explicou. 

Cada um deve levar sua própria garrafinha de água, que poderá ser reabastecida no bebedouro da sede da Fundação. Repelente, boné e roupas confortáveis também são recomendados. 

Durante o período de permanência na Mata, é obrigatório o uso de máscara. Além disso, os visitantes deverão manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre eles e higienizar as mãos com frequência. Também é importante respeitar a etiqueta respiratória e, ao tossir ou espirrar, cobrir o rosto com a parte interna do braço. 

Os inscritos que apresentarem sintomas da covid-19 não devem realizar a atividade. Os organizadores também não recomendam que pessoas dos grupos de risco para coronavírus participem das visitas.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON