Aguarde...

cotidiano

Vereador eleito em Pedreira é suspeito de agredir cachorro em live

Vereador eleito Jedson Panegassi (PSL) foi flagrado em live arremessando um objeto no cachorro que latia; ele afirma que o cachorro apenas se assustou

| ACidadeON Campinas

Momento em que vereador arremessa o objeto no cachorro (Foto: redes sociais)
A live de um vereador de Pedreira para agradecer os votos que recebeu na eleição do último domingo (15) tem gerado polêmica. Durante a transmissão, o vereador Jedson Panegassi (PSL) arremessa um objeto contra o cão de estimação da família. O ataque fez o cão gritar e a atitude causou indignação entre os moradores da cidade.

Logo no inicio da transmissão de agradecimento, Panegassi é interrompido por latidos do animal. Ele pausa e ri da situação por alguns instantes antes de continuar. "Estamos aqui com um visitante inesperado", disse rindo.

O vereador tenta prosseguir com a transmissão ao vivo, mas os latidos persistem. Ele então pega um objeto do chão e arremessa contra o animal, que grita. Pelo ângulo da câmera, não fica claro se o que foi arremessado atingiu o animal. Mas o grito do cachorro pode ser ouvido com clareza no vídeo.

"É brincadeira, né, gente. Quem sabe faz ao vivo", diz Panegassi após arremessar o objeto. "O cachorro vem e me morde o pé", justificou rindo, antes de prosseguir com a transmissão.

ASSISTA AO MOMENTO  



EXPLICAÇÕES

Nesta terça-feira (17), Panegassi se justificou da suposta agressão ao animal em um vídeo, onde se diz indignado com a situação.

Nas imagens, o vereador explica que não viu nada demais no caso. "Você acha que uma pessoa que nem eu iria agredir um cachorro numa live e deixar essa live publicada?", questiona.

Ele continua dizendo que jamais machucaria o animal que os filhos amam tanto. "Esse animal dorme comigo na minha cama, dorme com as minhas crianças na cama deles [...] ele é essencial para os meus filhos", disse.

O vereador então mostra o objeto jogado no animal - uma carteira velha - e diz que o jogou no cão pois ele estaria mordendo os cabos de uma extensão elétrica e o ato seria para impedir que ele fosse eletrocutado. 

Diz ainda que o item atingiu o cachorro, mas que o grito do animal teria sido causado pelo susto. Panegassi conclui o vídeo dizendo que aqueles que o acusam de ter agredido o animal terão que provar isso na Justiça. 

VEJA A JUSTIFICATIVA COMPLETA DO VEREADOR ABAIXO  



Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON