Publicidade

cotidiano

Campinas: homicídios, roubos e furtos têm aumento em agosto

Registros de lesão corporal e latrocínio caíram; número de estupros não teve mudança

| ACidadeON Campinas -

Fachada da 2ª Delegacia Seccional de Campinas (Foto: Denny Cesare/Código 19)
 

Os dados divulgados pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo) nesta sexta-feira (24) mostram que os indicadores de furtos, roubos e homicídios em agosto aumentaram na comparação com o mesmo mês de 2020.

De acordo com o levantamento divulgado pela pasta, baseado nos registros feitos na cidade, o total de casos de estupro não teve mudança e as ocorrências de lesão corporal e latrocínio tiveram redução (veja mais abaixo).

HOMICÍDIOS

Em agosto deste ano, nove assassinatos foram contabilizados em Campinas. No mesmo mês do ano passado, nove pessoas foram vítimas deste tipo de crime na cidade.

ESTUPROS

O total de estupros foi igual: 26. Apesar disso, nos indicadores contra vulneráveis, 2021 teve 23 registros, contra 22 em agosto de 2020.

CONTRA O PATRIMÔNIO

De acordo com a Polícia Civil, o indicador de roubo subiu de 303, em agosto de 2020, para 488 no oitavo mês deste ano, o que corresponde a 61%.

Já a alta dos furtos foi de 58%, com 1.439 casos em agosto deste ano contra 906 no mesmo período do ano anterior.

Roubo: aumentou de 303 para 488
Furto: aumentou de 906 para 1.439
Roubo de carga: diminuiu de 14 para 13
Roubo de veículo: aumentou de 104 para 150
Furto de veículo: aumentou de 226 para 318

LATROCÍNIO

O município não teve caso de roubo seguido de morte em agosto de 2021. Em agosto de 2020, teve uma ocorrência.

LESÃO CORPORAL

Foram 197 casos de lesão corporal neste ano e 257 em agosto de 2021. A queda, neste caso, foi de 23,3%.

Mais notícias


Publicidade