Aguarde...

cotidiano

Campinas avança e reabre restaurantes, salões e academias a partir deste sábado

O início das atividades da fase amarela será amanhã, sábado dia 8, junto com a publicação das regras em uma edição extra do Diário Oficial

| ACidadeON Campinas

Prefeito Jonas Donizette falou sobre a nova classificação da região. (Foto: Luciano Claudino/Código 19)

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), adiantou na manhã desta sexta-feira (7) que a região será classificada pelo Estado para a fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena de combate ao novo coronavírus. A informação foi divulgada durante live pelas redes sociais. A reclassificação foi oficializada pelo governador João Doria (PSDB) no começo da tarde de hoje durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes, na capital.  
 
O início das atividades da fase amarela será amanhã, sábado dia 8, junto com a publicação das regras em uma edição extra do Diário Oficial.
 
LEIA TAMBÉM 
Covid-19: Campinas tem mais 19 mortes; total chega a 797

Com a mudança de fase, o comércio e shoppings (inclusive a praça de alimentação, desde que seja em local aberto ou arejado) podem funcionar durante seis horas por dia, e também podem abrir restaurantes, bares, salões de beleza e academias. Atualmente, na fase laranja, o funcionamento do comércio permitido é de quatro horas.  

O comércio também pode aumentar a capacidade de atendimento de 20% para 40%. No caso dos restaurantes, podem funcionar somente aqueles que operam em espaço aberto ou local arejado, durante seis horas por dia. Eles poderão escolher o horário de funcionamento entre 6h da manhã às 17h - vale destacar que esse período não precisa ser corrido, ou seja, é possível dividir as seis horas em períodos diferentes. Já os restaurantes que estão dentro de shoppings seguirão o horário estabelecidos pelos centros comerciais.  

Segundo a Prefeitura, se a cidade permanecer na fase amarela por duas semanas, a expectativa é da ampliação do horário de restaurantes para o próximo dia 21, quando os proprietários poderão funcionar também no período noturno, escolhendo as seis horas dentro do período das 6h às 22h.

O funcionamento por seis horas diárias e 40% da capacidade também se aplica aos salões de beleza. Para as academias, a capacidade autorizada é de 30%, também durante seis horas por dia, com agendamento prévio e hora marcada. Aulas em grupo continuam suspensas, mas as aulas podem ocorrer de maneira individual. O atendimento deve ser individual (veja as regras para todos os setores abaixo).
 
HORÁRIO DO COMÉRCIO 
 
Com a ampliação do horário de atendimento no comércio ficou estabelecido que as lojas de rua irão funcionar durante a semana das 10h às 16h e aos finais de semana das 9h às 15h.
 
Já os shoppings funcionarão em horários diferenciados divididos em dois grupos:  

Um grupo funcionará do meio-dia às 18h. São eles: Shopping Iguatemi, Galleria Shopping, Unimart Shopping, Shopping Spazio Ouro Verde, Shopping Jaraguá e Shopping Prado Boulevard.

Outro grupo funcionará das 15h às 21h. São eles: Shopping Parque D. Pedro Shopping, Shopping Parque das Bandeiras e Campinas Shopping.
 
Aos domingos os dois grupos vão funcionar do meio-dia às 18h.

Os estabelecimentos abertos devem seguir os critérios técnicos dos protocolos de reabertura segura das atividades, além de terem que fazer a Declaração de Estabelecimento Responsável, com recomendações do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), da Secretaria Municipal de Saúde. O Termo de Responsabilidade deve ser fixado no estabelecimento em local visível (acesse aqui).  

"Vamos entrar nessa fase amarela com todo cuidado para poder permanecer e andar adiante. Peço a responsabilidade de todas as pessoas para continuar os bons indicativos. Ainda precisamos diminuir a transmissibilidade da doença e das mortes. A tranquilidade só virá com a vacina contra a covid", afirmou o prefeito.   

PARQUES, CLUBES E IGREJAS

Os parques públicos e clubes, segundo o prefeito, reabrem gradualmente para atividades individuais a partir de 15 de agosto. Jonas também informou que os templos religiosos podem voltar a receber fiéis com mais de 60 anos, porém é recomendado para evitar, e com 40% de capacidade. Também podem retornar aulas práticas de direção nas autoescolas. 

ENTENDA A CLASSIFICAÇÃO  

Para começar o processo de reabertura gradual do estado em 1º de junho, o governo dividiu o território do Estado de acordo com os 17 Departamentos Regionais de Saúde (DRS). Campinas é sede do DRS 7, que engloba 42 municípios.

Os critérios que baseiam a classificação nos DRSs são: ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs); total de leitos por 100 mil habitantes; variação de novas internações, novos casos confirmados e novos óbitos confirmados, em comparação com a semana anterior.  

Nesta quinta, a ocupação de leitos no DRS 7 estava em 64,9%. Os números de novos casos e óbitos, embora ainda estejam altos, apresentaram quedas em relação à última semana. Por isso, os critérios devem ser atendidos para a região avançar à fase amarela.  

VEJA AS REGRAS DA FASE AMARELA DO PLANO SÃO PAULO

Atividades permitidas na fase amarela pelo Plano São Paulo de flexibilização da quarentena

* Shopping, galerias e estabelecimentos congêneres:
- Capacidade 40% limitada
- Horário reduzido de 6 horas
- Praça de alimentação (ao ar livre ou em áreas arejadas)
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico

* Comércio:
- Capacidade 40% limitada
- Horário reduzido (6 horas)
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico

* Serviços:
- Capacidade 40% limitada
- Horário reduzido (6 horas)
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico

* Bares, restaurantes e similares (consumo local):
- Somente ao ar livre ou em áreas arejadas
- Capacidade 40% limitada
- Horário reduzido (6 horas)
- Atendimento presencial até as 17h
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico

* Salões de beleza e barbearias:
- Capacidade 40% limitada
- Horário reduzido (6 horas)
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico

*Academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica:
- Capacidade 30% limitada
- Horário reduzido (6 horas)
- Agendamento prévio com hora marcada
- Permissão apenas de aulas práticas individuais
- Aulas e práticas em grupo suspensas
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico

* Eventos, convenções e atividades culturais:
- Classificação na fase no período anterior de, pelo menos, 28 dias consecutivo
- Capacidade 40% limitada
- Horário reduzido (6 horas)
- Controle de acesso, venda apenas on-line, hora marcada e assentos marcados
- Assentos e filas, com distanciamento mínimo
- Proibição de atividades com público em pé
- Adoção dos protocolos geral e setorial específico


Mais do ACidade ON