Aguarde...

cotidiano

Quarentena é prorrogada até 6 de outubro em Campinas

Apesar da prorrogação, nenhum comércio vai precisar mudar as atuais condições de trabalho; aulas seguem suspensas

| ACidadeON Campinas

Movimento no Centro de Campinas (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), publicou, no Diário Oficial desta quinta-feira (10), um decreto que prorroga a quarentena até o dia 6 de outubro. Além disso, a Administração confirmou que as aulas presenciais ficam vedadas até, pelo menos, o dia 15 de setembro.

Campinas está na Fase Amarela do Plano São Paulo há quase cinco semanas. Os comércios podem funcionar por oito horas por dia e até mesmo as atividades como cinemas, teatros, centros culturais, bibliotecas, galerias e museus foram liberadas.

"A quarentena não traz nenhum tipo de restrição às atividades liberadas atualmente. Importante lembrar dos cuidados de distanciamento, uso da máscara e higienização, que todos devemos manter. Se continuarmos assim, vamos cada vez mais melhorando os nossos números", afirmo o prefeito em uma live nas redes sociais.

ESCOLAS

A volta às aulas presenciais nas escolas municipais, estaduais e particulares está inicialmente prevista para a partir do dia 7 de outubro. Mas o novo calendário ainda depende da confirmação, após mais duas avaliações da Vigilância Sanitária, que serão feitas nos dias 15 e 30 de setembro.

As aulas estão suspensas desde 23 de março, quando começou a quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus. Os alunos da Educação Especial ainda não voltarão nesta data prevista de outubro.

Enquanto as aulas presenciais não são retomadas, os alunos do município estão recebendo os conteúdos on-line e por meio da programação da TV Câmara. Também há a opção dos pais retirarem o material didático nas escolas.

Mais do ACidade ON