cotidiano

Especial coronavirus

Campinas publica decreto com regras da fase de transição; veja o que muda

A primeira etapa das medidas começa a partir de amanhã (18) com a autorização da reabertura do comércio de rua e shoppings e igrejas

| ACidadeON Campinas -

Medidas começam a valer nesse domingo. (Foto: Denny Cesare/Código 19)

A Prefeitura de Campinas publicou hoje (17) o decreto com as regras da nova fase do Plano São Paulo de combate a covid-19, a chamada fase de restrição que flexibiliza as regras da atual fase vermelha.

A primeira etapa das medidas começa a partir de amanhã (18) com a autorização da reabertura do comércio de rua e shoppings na cidade após mais de um mês fechados. Eles poderão funcionar das 11h às 19h. (Veja aqui os horários dos shoppings). Vale destacar que continua valendo o toque de recolher entre 20h e 5h.

Os templos religiosos também poderão reabrir com cultos a partir deste domingo. Diferente do que foi anunciado ontem, hoje também foi publicado o decreto do Governo do Estado, com a autorização de cultos entre 6h e 20h. Por isso, em Campinas, também ficou permitido que os cultos religiosos possam ser feitos nesse horário. Vale lembrar que nos dois setores será permitido a capacidade de 25% de ocupação.
 
VEJA AQUI O DECRETO 

Já na segunda etapa de transição acontece no dia 24 com a permissão do retorno de restaurantes e salões de belezas e barbearias poderão atender presencialmente.

Também estará autorizada a retomada das atividades culturais. As academias e centros de treinamento também poderão funcionar por oito horas no período entre 6h e 19h, com 25% de sua capacidade.

VEJA O RESUMO ABAIXO

O QUE MUDA NA FASE DE TRANSIÇÃO

Com a atualização do Plano São Paulo, as seguintes medidas começam a valer a partir deste domingo (18):

- o comércio pode funcionar das 11h às 19h, mas com limite de 25% de ocupação do local;

- missas e cultos podem ser realizados presencialmente, mas respeitando protocolos sanitários, entre 6h e 20h.

A partir de 24 de abril até o dia 30, serão liberadas as seguintes atividades:

- restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos, bares com função de restaurante);

- salões de beleza e barbearias;

- parques, atividades culturais, as três das 11h às 19h e com limite de 25% da ocupação;

- e academias por oito horas entre 6h e 20h, também com ocupação de 25%.

As seguintes medidas da fase vermelha foram mantidas:

- a recomendação do teletrabalho;

- a recomendação do escalonamento de horários alternados para a entrada de funcionários dos setores de serviços, do comércio e da indústria;

- o toque de recolher das 20h às 5h; 

- proibição do uso das áreas comuns dos condomínios; 

- proibição de festas clandestinas e reuniões familiares com mais de 10 pessoas.

Desde a última segunda-feira (12), as seguintes medidas estão valendo:

- a reabertura das lojas de material de construção;

- a retirada de pedidos de comida diretamente em restaurantes e lojas -- o chamado "take away" e o drive-thru no comércio

Publicidade