Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Pai é condenado a 20 anos por jogar bebê sobre muro

Funileiro jogou a filha quando ela tinha apenas 17 dias para a casa do vizinho no ano passado

| ACidadeON Campinas

Diogo Machado foi condenado por tentativa de homicídio; defesa defendeu tese de lesão corporal (Foto: Reprodução/EPTV) 

O funileiro Diogo Aparecido Machado foi condenado nesta quinta-feira (13) a 20 anos de prisão por jogar sua filha, de apenas 17 dias, por cima do muro de sua casa, em Santa Bárbara D'Oeste. O caso ocorreu em maio do ano passado e a menina ficou internada por nove dias e depois teve alta.

Nesta quinta, o júri popular considerou Machado culpado por tentativa de homicídio qualificado, já que a vítima era uma criança e o júri considerou que ele agiu de forma cruel.

O julgamento começou às 13h30 na 1ª Vara Criminal de Santa Bárbara d'Oeste. A previsão era que quatro testemunhas fossem ouvidas tanto pela defesa quanto acusação, mas os depoimentos não ocorreram.

Durante o julgamento, a defesa de Machado tentou derrubar a tese da acusação de que ocorreu uma tentativa de homicídio e pediu que ele fosse julgado por lesão corporal. Segundo a advogada, ele não teve a intenção em matar.

O funileiro já estava preso desde a data do crime. Após o julgamento, ele foi encaminhado de volta para a penitenciária em Tremembé.

O CASO

A família comemorava o Dia das Mães, em 2018, quando o crime aconteceu. O funileiro saiu para ir ao mercado, e quando voltou, estava embriagado. Ele discutia com sua companheira quando tirou a criança dos braços dela e jogou sobre o muro da casa.

O bebê caiu na casa de um vizinho, sobre areia e cimento, e foi socorrida para o pronto-socorro. O muro tinha uma altura de 2,5 metros e, próximo ao local da queda, havia um vergalhão. A mulher gritou por socorro e também foi socorrida pelos vizinhos.

A Guarda Municipal foi acionada, e ao chegar no local, encontrou o homem trancado em um cômodo da casa. Segundo informações dos guardas, moradores queriam linchar o funileiro. Ele foi preso em flagrante.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook