Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Indústria da região registra segundo pior maio da história

O Ciesp divulgou que no mês passado o setor registrou 750 demissões; o pior maio da história foi em 2015, com 1,9 mil desligamentos

| ACidadeON Campinas


Linha de produção industrial. Foto: Fotos Públicas

A Indústria da região de Campinas) registrou o segundo pior saldo da história de maio. De acordo com as Pesquisas Sondagem Industrial, Nível de Emprego e Balança Comercial Regional do Ciesp-Campinas, foram 750 demissões em maio.

O pior maio registrado desde 2003, quando as pesquisas começaram a ser realizadas, foi em 2015, que é o recordista com 1,9 mil demissões. No ano passado, foram demitidas 250 pessoas durante o último mês.

No ano o acumulado também é negativo, com 1,4 mil postos de trabalho fechados. Desde 2012 a região não fecha um maio com saldo positivo.

Na avaliação do diretor da entidade, José Henrique Toledo Corrêa, embora esses dados de emprego preocupem, a expectativa é que com as reformas sendo aprovadas a Previdenciária e a Tributária, esse quadro se reverta.

"As empresas estão paradas na expectativa das reformas e ninguém quer colocar dinheiro novo nesse momento, portanto o emprego é prejudicado", explica.

OUTROS

O diretor do Departamento de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas, Anselmo Riso, afirmou que as exportações da indústria regional em maio foram de US$ 280,60 milhões (26,3% maiores que maio/2018) e as importações de US$ 992,86 milhões (21,8 maiores que maio/2018).

O déficit comercial em maio/2019 foi de US$ 712,3 milhões. A corrente de comércio exterior (somatório das exportações e importações) em maio foi de US$ 1,27 bilhão.

Riso destacou a expectativa positiva com a desburocratização nos processos de exportações, principalmente para os micro e pequenos empresários.

"Avaliamos que alguns nichos de exportações, principalmente na área de alimentação, como doces diferenciados, cachaças e vestuários personalizados com pedras brasileiras, tem possibilidade de grande atração no mercado internacional, principalmente para os chineses, que podem se tornar grandes compradores desses produtos brasileiros", afirmou.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON