Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Esportes

Carros e equipamentos da F-1 desembarcam em Viracopos

Aeroporto Internacional de Campinas vai receber parafernália do GP do Brasil até a semana que vem

| ACidadeON Campinas

Viracopos recebeu equipamentos da Fórmula 1 pelo 18º ano seguido (Foto: Denny Cesare/Código 19)

Os carros e equipamentos para o Fórmula 1 Heineken GP do Brasil 2019 começaram a desembarcar no país nesta terça-feira (5), no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. Ao todo serão aproximadamente 600 toneladas transportadas por oito aeronaves Boeing, sendo quatro modelo 747-400, duas 747-800 e uma 747-200.

Viracopos completa neste ano a 18ª operação consecutiva de desembarque e embarque de toda a carga do GP Brasil de F1. Desta vez, serão cinco dias seguidos de chegada de equipamentos no aeroporto: desta terça até o próximo sábado (9), além da próxima quarta-feira (13). Os dois primeiros voos pousaram nesta manhã de terça-feira em Viracopos.

Os carros da F1 e os equipamentos são transportados em comboios de carretas para Interlagos. Toda a operação envolve pelo menos 50 pessoas de diversas áreas do aeroporto, de órgãos públicos e de empresas contratadas para o transporte e a logística.

Estão previstas pelo menos 103 viagens de carretas para transportar todos os equipamentos e carros dos sete voos para São Paulo. O primeiro comboio já seguiu para a capital paulista.

"É uma honra receber o GP Brasil de Fórmula 1 mais uma vez e nosso objetivo é continuar a realizar esta operação no Terminal de Cargas de Viracopos, que é um dos mais preparados e eficientes do mundo", disse o diretor-presidente da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, Gustavo Müssnich.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook