Fim da novela: Richarlyson aparece no BID e é liberado para estrear

Volante está há mais de um mês no clube mas documentação atrasou sua estreia

    • ACidadeON
    • ACidade ON
Divulgação Guarani
Volante chegou ao Brinco em meio a ataques homofóbicos

A novela terminou. O Guarani conseguiu inscrever Richarlyson no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Pouco mais de 40 dias de espera e o volante está à disposição do técnico Vadão para a partida desta terça-feira (20), contra o Oeste, no Brinco de Ouro.

“Espero que a camisa número 20 faça história no Brinco. A energia positiva da torcida com certeza vai me ajudar muito”, disse o jogador em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (19).

Há mais de um mês no clube, a batalha para colocar o jogador em campo ainda na temporada do Brasileiro da Série B foi travada por questões documentais. Após o Guarani errar a data de nascimento do atleta, de 34 anos (apareceu com 35), ao receber com duas semanas de atraso os documentos do clube indiano Goa, todo o processo foi reiniciado.

Além disso, o advogado do atleta deixou o processo e parte da documentação referente aos trâmites internacionais ficou com o representante. O Guarani, então, atrasou novamente o prazo para a estreia do volante, que desde então treina com regularidade.

Algumas situações me intrigaram, pois fiquei à mercê de outras situações. Estou jogando há 16 anos no profissional e nunca me aconteceu isso”, relatou. Após oito rodadas e o Bugre na vice-liderança (invicto no Brinco), Richarlyson disse que esse tempo de espera o ajudou para entrar em forma e ganhar ritmo de jogo.

PREPARADO

“Estou preparado para atuar onde ele (Vadão) me colocar. Tive a felicidade de render muito mais como volante ao longo da carreira”. Aos 34 anos, Richarlyson vai vestir a camisa do 13º clube da carreira. Revelado em 2001 pelo São Luiz, passou por clubes como Atlético-MG, Vitória e São Paulo. Chegou a Seleção Brasileira em 2008 após conquistar três títulos do Brasileirão com o Tricolor do Morumbi.


0 Comentário(s)