Black Friday: Procon dá 10 dicas para comprar com segurança

Especialistas recomendam atenção! Veja algumas dicas simples que ajudam o consumidor a diminuir o risco de ser enganado

    • ACidadeON
    • ACidade ON
Código 19
Promoção será nesta sexta-feira

No próxima sexta-feira (24), será realizada mais uma edição da Black Friday, uma febre no comércio nacional desde 2010.  Confira 10 dicas do Procon para evitar dor de cabeça no dia que deve agitar o comércio com a promessa de grandes promoções:
1- Planejamento
Faça uma lista do produto que precisa ou deseja e estipule um limite de gasto, assim o consumidor consegue  não estourar o orçamento.
2- Acompanhe a evolução dos preços dos produtos ou serviços
Anote preços e guarde as informações da pesquisa, incluindo site e data. Assim será mais fácil identificar as melhores ofertas e conferir os descontos durante a Black Friday.
3- Verifique se o site é brasileiro
Cuidado com os que são. Compras de sites internacionais estão sujeitas a outros custos nem sempre informados ostensivamente (procure informações sobre o site na aba “Quem somos/sobre nós”). Além disso, as regras do Código de Defesa do Consumidor não se aplicam nesse caso, se o site não possuir representantes no Brasil.
4- Atenção aos sites com ofertas de fornecedores independentes, com preços e condições diferentes para um mesmo produto
O nome do fornecedor e os preços praticados devem estar sempre em destaque e com fácil visualização na página de venda, especialmente se o revendedor for um terceiro. É direito do consumidor ter essa informação à disposição para facilitar sua pesquisa e escolha.
5- Verifique a reputação do fornecedor
No ano passado o Procon-SP divulgou os nomes das empresas mais reclamadas na última Black Friday. Para conhecê-las clique aqui.
6- Prazo de entrega
Observe o prazo de entrega, especialmente se o objetivo é comprar presentes para o Natal.
7- Consumidor tem 7 dias a partir da compra/entrega para  cancelar a compra
Quem quiser devolver o produto e pedir o dinheiro de volta, tem 7 dias para mudar de ideia. Se a compra foi feita a distância (internet ou telefone) – o prazo passa a contar da data da compra ou da entrega do produto.
8- Informe-se antecipadamente a política de troca da empresa
9- Consulte a lista de sites não recomendados. (clique aqui)
10- Cuidado ao clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais
Consulte sempre a página oficial da loja, de preferência digitando o endereço do site.

0 Comentário(s)