Aguarde...

Esse ano votaremos nos

Eleições

Jonas e Dário começam transição nesta quarta-feira

Na ocasião, o prefeito Jonas Donizette vai entregar uma carta de desligamento de todo o secretariado

| ACidadeON Campinas

Dário Saadi e Jonas Donizette (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), vai iniciar, nesta quarta-feira (2), o processo de transição com o prefeito e o vice-prefeito eleitos, Dário Saadi (Republicanos) e Wanderley Almeida (PSB). 
 
LEIA MAIS 
Novo prefeito, Dário Saadi enfrentará desafios no pós-pandemia


Na ocasião, Jonas vai entregar uma carta de desligamento de todo o secretariado a partir do dia 31 de dezembro.

Campinas possui 25 secretarias - todos os nomes serão revelados por Dário em breve. Além disso, conta com mais 11 instituições na Administração Indireta, que também fica a cargo de Dário escolher os respectivos mandatários.

Sobre o secretariado, Jonas já havia divulgado que todos vão pedir demissão coletiva e que Dário terá liberdade para escolher seu próprio time.

"Ele vai ter toda liberdade para compor o próprio time, como eu tive para compor o meu", finalizou.

A ELEIÇÃO

Dário Saadi foi eleito com 57,07% dos votos válidos - o equivalente a 222.030 votos. Ele venceu o deputado estadual Rafa Zimbaldi (PL), que ficou com 42,93% dos votos validos (166.995).

Dário terminou o primeiro turno também na liderança. Ele recebeu 121.932 votos - um percentual de 25,78%. Rafa Zimbaldi terminou na segunda colocação, com 103.397 votos - um percentual de 21,86%.

Esta foi a primeira vez que Dário se lançou como candidato à Prefeitura. Ele foi escolhido como o candidato apoiado pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) no dia 25 de agosto, juntamente com o vice Wanderlei Almeida, o Wandão (PSB).

Em 2012, Dário chegou a ser candidato como vice-prefeito da chapa de Pedro Serafim, mas teve que renunciar após ser barrado pela Lei da Ficha Limpa por ter tido as contas rejeitadas de quando foi presidente da Câmara Municipal.

Mais do ACidade ON