Publicidade

cotidiano

Bom Prato terá almoço especial de Natal nesta quarta

Almoço contará com menu especial para os usuários e será servido nos 59 restaurantes do Estado, incluindo a unidade de Campinas

| ACidadeON Campinas -

Unidades do Bom Prato terão almoço especial de Natal (Foto: Governo do Estado de SP)

O Programa Bom Prato oferece, nesta quarta-feira (23), um almoço especial de Natal nos 59 restaurantes do Estado, incluindo a unidade de Campinas. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo.

De acordo com a secretária da pasta, Célia Parnes, o cardápio de Natal proporcionará novas experiências gastronômicas aos usuários, e as unidades terão decorações natalinas.  

"Estamos muito honrados de celebrar, em clima natalino, a grandeza deste programa que reforça o nosso compromisso com a sociedade, ofertando refeições saudáveis para garantir a segurança alimentar da população, em especial das pessoas mais vulneráveis", comemora Célia. 

Para evitar aglomerações, as refeições estão sendo entregues em embalagens descartáveis e com talheres, com serviço de retirada.

BOM PRATO 

O Bom Prato oferece três refeições diárias: café da manhã, por R$0,50, e almoço e jantar por R$ 1 cada. Ao longo dos 20 anos, as 59 unidades em funcionamento, sendo 22 na Capital; 11 na Grande São Paulo; 8 no litoral e 18 no interior do Estado, ofereceram mais de 262 milhões de refeições. 

Em Campinas, 60% do público do Bom Prato é formado por idosos ou aposentados, população do grupo de risco do coronavírus. Grande parte utiliza o serviço por depender somente da aposentadoria, que na maioria das vezes não dá conta de bancar remédios e alimentos essenciais. 

PANDEMIA  

De acordo com a administração do programa, em março, por conta da pandemia, as unidades se adaptaram em 24h, para servir as refeições em embalagens descartáveis com talheres e não interromper o fornecimento de alimentação.  

O Bom Prato também passou a oferecer refeições durante os fins de semana, e, em maio, eliminou a tarifa para pessoas em situação de rua, devidamente cadastradas nos centros municipais. Estas medidas resultaram em um aumento de 60% no número de refeições, com a entrega de 3,2 milhões de refeições por mês. 

Com isso, até o momento, foram distribuídas mais de 23 milhões de refeições, sendo mais de 500 mil gratuitamente, mediante apresentação do cartão com QR Code.

Mais notícias


Publicidade