Publicidade

cotidiano

Homem atacado por abelhas no Chapadão morre em hospital

Além dele, outras pessoas que passavam pelo local, foram picadas pelas abelhas

| ACidadeON Campinas -

Corpo de Bombeiros fez a retirada da colmeia de abelhas em árvore. (Foto: Denny Cesare/Código 19)

Morreu na madrugada desta quinta-feira (4) o homem que foi atacado por um enxame de abelhas na semana passada no Jardim Chapadão, em Campinas. Ele estava internado em estado grave no Hospital de Clínicas da Unicamp e não resistiu. A vítima teve falência múltipla nos órgãos.

Além dele, outras pessoas que passavam pelo local foram picadas pelas abelhas. O ataque aconteceu na Rua Orlando Carpino por volta das 9h, na quinta-feira da semana passada.    

Publicitário morto em ataque de abelhas no Jardim Chapadão. (Foto: Arquivo pessoal)

José Akio Kurosawa, de 60 anos, chegou a ficar sentado no chão quando estava sendo atacado pelo enxame e o Corpo de Bombeiros teve que usar água para espantar as abelhas de seu corpo. Ele foi encaminhado para o HC já em estado grave.   

Kurosawa era publicitário e trabalhava como representante comercial do programa Negócios e Oportunidades do canal VTV/SBT. "É uma perda lastimável, ele era uma pessoa muito querida por todos. Trabalhou durante anos na área comercial da Band e da rádio CBN. É um dia muito triste", afirmou a chefe de Kurosawa, Rosemari Léssio. Ela afirmou que ao chegar no hospital os médicos afirmaram que ele havia sido picado entre 500 e 700 vezes.  Ele voltava de uma padaria quando foi atacado.
 
LEIA TAMBÉM 
Dupla é presa após alugar carro com documento falso
Governo adia início do horário de verão para 18 de novembro
Nenhuma aposta acerta a Mega e prêmio acumula em R$ 19 mi
Dia das Crianças deve gerar 1,2 mil vagas de emprego
 

O comerciante Marco Antonio Pires de Morais que tem uma loja na rua contou que o ataque aconteceu após dois homens terem ido capinar um terreno no local. "Tem uma grande colmeia de abelha em uma árvore em frente ao terreno. Quando eles começaram a trabalhar, colocando entulhos no caminhão, elas passaram a atacar", afirmou.  

Ele disse que abrigou ao menos 20 pessoas dentro de sua loja para evitar que elas fossem atacadas. "Os dois rapazes que faziam a limpeza foram bastante picados pelo enxame. O Corpo de Bombeiros chegou muito rápido e jogou muita água, mas mesmo assim eles ficaram feridos", disse.  

Morais contou que muitas pessoas ainda correram pela rua, tentando fugir das picadas. "Foi um terror. Mandei algumas pessoas entrarem e sai com um veneno que vendo na loja para ajudar, mesmo assim também fui picado. Foi um pesadelo, tinha gente deitada no chão", afirmou.  

O Corpo de Bombeiros conseguiu controlar o ataque e retirou a colmeia da árvore. "Conforme informações da equipe, as abelhas estavam instaladas numa árvore em frente a um terreno que passava por um processo de limpeza. A utilização de uma máquina tipo "bob cat" para limpeza do local agitou o enxame que é sensível ao barulho", disse a nota oficial da prefeitura.
 


Mais notícias


Publicidade