Aguarde...

cotidiano

Trecho do BRT é liberado no Jardim Novo Campos Elíseos

O trecho integra o Corredor BRT Ouro Verde e está inserido entre o futuro Terminal BRT Campos Elíseos (na altura da Rua Bragança Paulista) e o início da Avenida Ruy Rodriguez

| ACidadeON Campinas

Trecho liberado nesta quinta-feira pela Emdec. (Foto: Reprodução EPTV)
 

A Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) liberou nesta quinta-feira (27) pouco mais de 1,8 km de faixas exclusivas do BRT (Bus Rapid Transit) para circulação de veículos nas vias Piracicaba e Cosmópolis, no Jardim Novo Campos Elíseos.

O trecho integra o Corredor BRT Ouro Verde e está inserido entre o futuro Terminal BRT Campos Elíseos (na altura da Rua Bragança Paulista) e o início da Avenida Ruy Rodriguez.  

A extensão liberada contempla quatro faixas de rolamento no total, sendo duas faixas para os veículos em geral (uma por sentido) e duas faixas exclusivas para o sistema de transporte público coletivo (uma por sentido), junto ao canteiro central.  

Segundo a Emdec, as faixas exclusivas, que compõem o corredor BRT, são feitas em pavimento de concreto, mais resistentes ao fluxo intenso de veículos. As faixas dedicadas ao tráfego em geral receberam requalificação asfáltica.  
A iluminação dos corredores é em LED, com a fiação subterrânea. A região recebeu nova sinalização viária; tanto vertical (placas), como horizontal (solo). O canteiro central recebeu paisagismo (implantação de grama) e foram instalados novos conjuntos semafóricos ao longo do trecho. A velocidade máxima permitida é de 50 km/h.  

O Córrego do Lixão, localizado na altura da Rua Luís Marcelino Guernelli, recebeu prolongamento da canalização e novos muros de ala nas extremidades. Os trabalhos incluíram ainda a reconfiguração geométrica da rotatória localizada neste ponto; e da rotatória existente na confluência entre as vias Piracicaba e Ruy Rodriguez, próximo à loja de departamentos Havan.  

Nas vias adjacentes Mogi Mirim e Santa Bárbara DOeste, foram executadas obras de drenagem, além de nova pavimentação asfáltica e sinalização viária. A empresa responsável pelas obras é o Consórcio BRT Campinas (Artec; Metropolitana).  

Operação Transporte  

Nove linhas de ônibus do sistema convencional de transporte, que circulam no trecho liberado, poderão trafegar pelo corredor BRT. São elas: 118, 121, 130, 131, 132, 133, 140, 142 e 199. Juntas, elas transportam cerca de 32 mil passageiros diariamente.  

Neste primeiro momento, as linhas seguem utilizando as paradas atuais, com embarque e desembarque pela faixa da direita. Os oito pontos existentes no trecho (quatro por sentido) não sofrerão alterações.  

BRT Ouro Verde  

A extensão complementa, de forma linear, os corredores liberados para circulação nas avenidas Amoreiras e Ruy Rodriguez, totalizando 6 km, desde a região do São Bernardo, passando pela Vila Rica até o Jardim Santa Lúcia e Capivari. Esta é a oitava liberação de trechos dos Corredores BRT no município, totalizando quase 15 km.  

O trecho liberado integra o Lote 4 do BRT campineiro e é parte do trecho 2 do Corredor Ouro Verde. O trecho 2 conta com 5,7 km de extensão e vai do futuro Terminal Campos Elíseos até o Terminal Ouro Verde.  

No total, o BRT Ouro Verde contempla 14,6 km de extensão, saindo do Terminal Central e seguindo pelas avenidas João Jorge, Amoreiras, Ruy Rodriguez, Camucim até o Terminal Vida Nova. Juntos, os três corredores BRT do município Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral somam 36,6 km de extensão.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON